Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Vice-governador Washington diz ser difícil existir uma aliança do PSDB com Luís Fernando, caso PT decida seguir com PMDB no Maranhão

21 de agosto de 2013 : 16:43

Apesar do esforço de alguns governistas e do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB) em trazer os tucanos para apoiarem a candidatura a governador do secretário estadual de Infraestrutura, Luís Fernando (PMDB), a turma do PT pode não estar gostando muito dessa história, pelo menos é o que informa Washington Luiz (PT), que diz não concordar com essa aliança.

O vice-governador conta que a aliança PT e PMDB é uma orientação nacional e que não há possibilidade do seu partido está compondo com o PSDB, “olha é muito difícil, nós estamos praticamente em lados opostos na política nacional, não podemos compactuar com o partido que defenda uma política neoliberal”, informou.

Roseana e Washington devem seguir juntos em 2014

A declaração do petista pode ser um banho de água fria nos planos dos governistas que tentam botar na mesma coligação PT e PSDB, o que garantiria a Luís Fernando um tempo de televisão extraordinário.

Washington explica que sua posição não é um pensamento individualizado, mas sim do partido, todo um coletivo, afinal sendo postas as candidaturas de Dilma Rousseff e Aécio Neves é muito difícil ocorrer o entendimento.

Vale lembrar que a governadora Roseana Sarney (PMDB) não pensa dessa forma, inclusive como o blog já divulgou (veja aqui) e quer trazer mais apoiadores a coligação peemedebista em 2014. Tanto que em julho Luís Fernando e o presidente do PSDB-MA, Carlos Brandão, estiveram reunidos e iniciaram as tratativas.

Porém com mais de um ano pela frente da eleição, o tempo ainda é favorável ao grupo governista que pode ir negociando com os tucanos, enquanto ainda tem os petistas garantidos como apoiadores mais uma vez.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>