Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Poste ou Farol: Como reconhecer os verdadeiros líderes em momentos de crise?

29 de março de 2020 : 09:08

Por Diego Emir*

Existe um provérbio português famoso “quando o navio afunda, os ratos são os primeiros a pular”, porém não é de todo correto esse pensamento. Afinal, existem aqueles que nas tormentas, escondem-se e aguardam a tempestade passar para depois buscar voltar a navegar em mares calmos. São nas crises – piores momentos – que se identificam os verdadeiros líderes.

O mundo, o país, o Maranhão e São Luís vivem uma das piores crises da história. Um vírus vem provocando mortes através do colapso do sistema respiratório e ao mesmo tempo o coronavírus vai provocando outra morte que pode ser tão dolorosa quanto a falta de ar, a fome. Estamos à beira de uma verdadeira convulsão social.

No entanto são em momentos como esse que os verdadeiros líderes levam a nação, o estado e a cidade para uma nova direção, assim como o farol que ilumina o caminho milhas a frente.

É preciso reconhecer naqueles que se propõe a dirigir a nação, o estado e a cidade, características que mostram a possibilidade de transformação. Uma boa liderança não tem fórmula, mas é preciso compreender os pilares da governança moderna: democracia e responsabilidade fiscal.

Estamos às vésperas de eleições municipais e 2022 também é logo ali, uma vez que a recessão econômica a ser provocada pelo covid-19, vai antecipar ainda mais esse debate.

E para sairmos dessa situação de caos social. É impossível pensar numa visão de estado que preza apenas pelo viés político, mas entender que o líder está pronto para enfrentar interesses bem representados e possua características essenciais para um líder: visão de futuro, persuasão, persistência, humildade, diplomacia e visão de mundo.

Nos últimos anos, observamos os brasileiros e maranhenses optarem por escolher um poste para gerenciar grandes máquina administrativas e cabe lembrar que este até ilumina, mas apenas perto e sem direção definida.

É preciso ter coragem. É necessário ter firmeza. É fundamental manter o vigor para enfrentar os desafios.

Pois um verdadeiro líder, ele não se sente acuado, ele não some do cenário por qualquer que seja a justificativa. Ele sabe diferenciar o que é utilizar o cargo público para trabalhar em prol do povo do que utiliza-lo para fazer pré-campanha eleitoral.

Um verdadeiro líder, apesar de enfrentar forte oposição, ele busca soluções em meio as próprias adversidades para tornar a navegação novamente tranquila.

É necessário identificar os verdadeiros líderes nesse momento de crise e em outubro de 2020, a população de São Luís como de todos municípios brasileiros terá que escolher entre um Farol e um Poste.

Optar por alguém que enxergue a milhas de distância e guie o seu caminho ou alguém que apenas ilumina próximo e de maneira difusa…

*Formado em Comunicação Social habilitado em jornalismo. Especialista em Marketing Político e Comunicação Eleitoral.

3 comentários em “Poste ou Farol: Como reconhecer os verdadeiros líderes em momentos de crise?”

  1. Djenane Pinheiro

    2 meses atrás  

    Parabéns, esse texto realmente contextualiza a nossa situação aqui em São Luís👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>