Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Instituto Amostragem confirma projeção do Instituto Conceito e Flávio Dino é favorito para vencer eleição de governador

18 de agosto de 2013 : 12:03

O Jornal Pequeno divulgou hoje sua pesquisa realizada através do Instituto Amostragem e os números são muito parecidos com os do Instituto Conceito divulgados ao longo da semana. Após apresentados os percentuais, algo pode ser apontado: Flávio Dino (PC do B) é o favorito em disparada para vencer as eleições e garantir ainda no primeiro turno.

Flávio Dino e Luís Fernando quase 50 pontos de diferença

No cenário criado pelo Instituto Amostragem, Flávio Dino lidera a disputa com 55,46%, contra 16,69% de Luís Fernando (PMDB) e 8,38% de Eliziane Gama (PPS). Branco ou nulo corresponde a 7,46% e não sabem ou não responderam 10,77%.

Em se tratando da rejeição, o candidato governista é tem 39,54% do eleitorado informando que jamais votaria nele, já o comunista tem 15,62%.

Comparando aos números do Instituto Conceito, os dados são semelhantes: Flávio Dino tem 56,8%, Luís Fernando 15,3% e Hilton Gonçalo 6,2%. Votos nulos ou brancos somam 4,4% e não sabem ou não responderam 17,4%, único aspecto que foge a margem de erro ao comparar com a pesquisa Amostragem/Jornal Pequeno.

Na rejeição do Instituto Conceito, Luís Fernando aparece com 40,5% e Flávio Dino com 17,3%.

Números muito semelhantes que apontam o eleitorado se posicionando a favor da candidatura oposicionista.

Eliziane Gama e Hilton Gonçalo são atores que podem entrar no jogo e embaralhar a disputa, mas ao contrário do que pensam os governistas, estes candidatos podem chegar a tomar os votos do peemedebista ao invés de Flávio Dino.

Porém vale lembrar, ainda estamos há mais de um ano da disputa, qualquer cenário pode ser modificado, mas desta vez Flávio tem tudo para ganhar a eleição e pôr fim de vez a última oligarquia do país.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>