Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Saulo Arcangeli do PSTU afirma não ter recebido recebido nenhuma orientação de Márcio Jerry para realizar ocupação na Câmara

17 de agosto de 2013 : 10:22

Com a intenção de desvirtuar as cobranças feitas pelos manifestantes que ocuparam a Câmara Municipal durante sete dias no mês de julho, alguns vereadores e políticos ligados ao grupo governista vem acusando o secretário municipal de Comunicação, Márcio Jerry (PC do B) de ser o incentivador da invasão ao parlamento, porém esta semana Saulo Arcangeli, membro do PSTU e um dos líderes do movimento, deixou claro em reunião no parlamento municipal, que jamais receberia orientação do comunista, portanto não tinha cabimento a especulação.

Saulo Arcangeli deixa claro que não segue ordens de Márcio Jerry

Para entender a não participação de Márcio Jerry na ocupação, primeiro se faz necessário compreender, quem fazia parte do movimento. A invasão da Câmara Municipal foi motivada por estudantes universitários do PSOL, PSTU e representantes da ANEL (Assembleia Nacional de Estudantes Livres). Historicamente as representações não tem nenhum dialogo com a UJS (União da Juventude Socialista), mais conhecida com a juventude do PC do B. Pelo contrário a relação entre essas entidades chega a ser de extrema rivalidade.

Na Universidade Federal do Maranhão onde está a principal efetivação desses movimentos, os grupos vivem em choques políticos e disputas pelo controle do Diretório Central dos Estudantes, desta forma fica difícil imaginar que Márcio Jerry, representante do PC do B, estaria ditando ordens a membros do PSOL e PSTU.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>