Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Manoel Ribeiro diz que vaga de senador deve ser do PTB

19 de março de 2014 : 15:57

O Imparcial

Quanto mais passa o tempo, mais cresce a indefinição quanto à decisão da vaga de senador e qual partido irá disputar a vaga, fatos estes que podem acabar terminando, inclusive em rompimentos na base governista. Isto pode ser compreendido, após a assertiva do deputado estadual Manoel Ribeiro (PTB), histórico aliado do grupo governista, que afirmou que o seu partido irá sim reivindicar a vaga de senador e caso não venha ao menos ser discutido o assunto, pode ocorrer uma cisão entre a legenda e o grupo.
“Vamos reivindicar a vaga. Abriremos mão somente se Roseana for à candidata, a não ser isso, temos que sentar, conversar e indicar o candidato”, se posiciona o parlamentar trabalhista.

O deputado disse ainda que, por a vacância do cargo ser senador Epitácio Cafeteira (PTB), a vaga, por consequência, seria do próprio partido. Manoel Ribeiro comentou que houve uma antecipação por parte de alguns partidos em lançarem candidaturas sem antes conversarem no grupo. “O problema é deles se eles se apressaram e se lançaram antes do tempo. Teriam que ver que, por exemplo, o senador atual da vaga é o Cafeteira. E se ele resolver disputar a eleição? Caso ele descarte essa hipótese, o partido vai indicar”, garantiu o parlamentar.

Manoel Ribeiro apontou também para uma possibilidade de divergências no grupo ao qual faz parte, caso o PTB não indique o candidato ao senado. O parlamentar acredita que a indicação do candidato do PTB ao senado demonstraria respeito pelo partido. “Há risco de ter divergências no grupo. A soberania do partido tem que ser respeitada. Se não respeitarem é que não querem respeito”, disse.

*Texto produzido pela jornalista Glaucione Pedrozo

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>