Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

TCU deve enviar ao TSE 8.000 nomes de ‘fichas-sujas’ em 2014

19 de março de 2014 : 18:30

Folha de São Paulo

O presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), ministro Augusto Nardes, disse nesta quarta-feira (19) que a lista de gestores condenados pela corte que deverão ser considerados “ficha-sujas” em 2014 somam entre 7.000 e 8.000 nomes.

Segundo Nardes, esse valor é similar ao de 2010. O TCU planeja enviar a lista ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em junho, que deverá torná-los inelegíveis para o pleito deste ano, de acordo com o ministro.

“Nos últimos anos, vamos chegar a quase 7.000 ou 8.000 pessoas condenadas pelo tribunal. Com essa condenação, os gestores perdem o direito de concorrer por oito anos”, disse. “É um trabalho impactante”, completou.

Nardes anunciou os números em um seminário internacional de combate à corrupção, que acontece nesta quarta na Câmara dos Deputados. O presidente do TCU disse que um dos trabalhos da corte é preventivo. De acordo com Nardes, o principal problema é a falta de planejamento nos projetos básico e executivo das obras.

O ministro deu como exemplo a atuação do TCU na Copa do Mundo. “Trabalhamos imensamente na Copa e conseguimos fazer uma economia de R$ 700 milhões, de forma preventiva, sem paralisar a obra”, disse.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>