Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Assim como Flávio Dino, Roseana Sarney já diz que não existe problema em oferecer palanque de Luís Fernando a mais de um presidente

21 de novembro de 2013 : 17:13
Tentando ainda convencer o PSDB a apoiar a candidatura de Luís Fernando (PMDB) ao governo do estado, Roseana Sarney decidiu mudar o discurso em relação ao palanque presidencial. Se antes a governadora deixava claro que o espaço seria destinado de forma exclusiva a presidente Dilma Rousseff (PT), ele já fala a membros do ninho tucano, que caso eles queiram declarar apoio na disputa estadual, terão todo direito de trazer Aécio Neves (PSDB) para subir no palanque peemedebista no Maranhão.
Roseana foi uma das principais aliadas de FHC
e chegou a ser cotada para ser sua substituta em 2002
A informação foi repassada por um tucano e confirmada por membros da articulação da candidatura do secretário estadual de Infraestrutura. O próprio Luís Fernando não nega, que gostaria de contar com todos os partidos ao seu lado e no seu modo de pensar, não existe nenhum problema em PT e PSDB caminharem juntos no Maranhão.

A intenção de Roseana de abrir o palanque para Aécio Neves, pode trazer repercussões negativas em Brasília, uma vez que os petistas já declararam que Dilma não aceita dividir palanque com nenhum presidenciável nos estados. No entanto a presidente, sabe que em algumas regiões vai ser impossível isso acontecer como no caso do Rio de Janeiro. Lá o governador Sérgio Cabral (PMDB), admite a abertura de espaço para o senador mineiro.

Em conversas com os tucanos, Roseana vem contando que mantém uma boa amizade com Aécio Neves, o que evidencia que as conversas já teriam sido inclusive realizadas já no âmbito nacional.

Caso esse interesse se confirme, quem pode ganhar com toda essa história é o Flávio Dino (PC do B), que pode apontar o dedo para o grupo governista e mostrar que nem eles estão garantindo o palanque presidencialista exclusivo para o PT.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>