Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

‘Solidariedade’ é uma opção pra quem deseja se candidatar em 2014

30 de setembro de 2013 : 14:23
Dia 5 de outubro é o prazo final para filiação partidária para quem deseja concorrer a cargos eletivos nas próximas eleições. Até esta data, o partido Solidariedade (SDD) espera que todos os municípios do Maranhão já estejam com suas comissões executivas provisórias inscritas no TRE.

Grande movimentação visando as composições partidárias já vem acontecendo nos bastidores há algum tempo, afinal a filiação é o primeiro passo para quem deseja se eleger ou, pelo menos, competir tendo alguma chance de sucesso.

Simplício Araújo articula o Solidariedade no Maranhão
Neste cenário, o partido Solidariedade (SDD), que no Maranhão será comandado pelo deputado federal Simplício Araújo, vem chamando atenção da classe política pelas propostas apresentadas e pela nova maneira de fazer política.

O partido já possui uma nominata com 22 novos nomes que buscam uma vaga de deputado estadual em 2014. Todos com uma mesma media de votos e mesmas condições financeiras de disputa.

Nomes regionais como o do presidente da Câmara de Santa Inês, vereador Seba; do suplente de deputado estadual, Luciano Genésio; do vereador Rildo Amaral, de Imperatriz; do professor Arquimedes Almeida, de Bacabal; do Dr.Levi Pontes de Aguiar, de Chapadinha; do ex-deputado Zé Orlando, de Tutoia; Bruno Mendes, de Porto Rico; Calvet Neto, de Bacabeira; Cabo Campos, de São Luís; Ramalho, de São João dos Patos; Rafael Sombra, da Associação de Jovens empresários do Maranhão; Felipe Pires, de Araioses; Dr. Eduardo, de Magalhães de Almeida; o ex-prefeito  de Urbano Santos, Abnadab; Bentivi, de Lago da Pedra e o ex-vereador de São Luís, Vieira Lima.

Conversas também já foram iniciadas com com Welligton do Curso, o ex-diretor do Socorrão, Yglesio Moyses e com os vereador Nato e Chaguinha, de São Luís.

Tempo de Televisão: Ao fim do prazo para filiações, o Solidariedade poderá contar com mais de 32 deputados federais, fazendo com que o tempo de propaganda política na televisão ultrapasse dois minutos. Desta feita, o partido já vem sendo procurado por diversas agremiações em busca de coligações, tanto a nível nacional, quanto regional.

Migração partidária: Outro grande atrativo para políticos insatisfeitos com suas atuais legendas é a migração partidária. O Solidariedade está trabalhando no sentido de garantir que a grande maioria dos novos filiados ajudem a construir as candidaturas de deputados estaduais e federais do partido. Até o momento, mais de 140 vereadores, vários ex-prefeitos e prefeitos já entraram em contato com o partido pedindo preferência em seus municípios. 

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>