Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

João Castelo diz: “voltarei com tudo em 2014”

2 de setembro de 2013 : 16:55
Sumido do cenário político desde o fim do seu mandato a frente da prefeitura de São Luís, João Castelo (PSDB) afirmou neste final que está se preparando para as eleições do próximo ano e disse categoricamente: “voltarei com tudo em 2014”. O ex-prefeito vem mantendo uma agenda permanente de visitas a algumas comunidades da cidade e também vem aproveitando para viajar para Brasília e São Paulo, sempre participando de algumas reuniões do seu partido. 
Gardênia Gonçalves, Algecira Ubirajara (líder comunitária
do Pq.dos Nobres) e o ex-prefeito João Castelo

No sábado, ele esteve no bairro do Pq. dos Nobres, onde acompanhado de sua esposa, a ex-prefeita de São Luís, Gardênia Gonçalves, participaram do Festejo de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Apesar de não ter mais o apelo popular do tempo que era prefeito, Castelo foi bem recebido por populares e por amigos.

Ainda um pouco arredio a responder perguntas sobre seu posicionamento em 2014, Castelo contou que política “não se faz com ódio” e que também ainda está muito cedo para que seu partido e o próprio tomem alguma decisão sobre as eleições do próximo ano.
Castelo posa para foto e recebe atenção de criança
Perguntado se ele pode compor uma aliança com o grupo de Flávio Dino (PC do B) e do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC), apesar deles terem sidos os responsáveis diretos por sua derrota, Castelo respondeu: “tenho que deixar claro que política não se faz com ódio”.
O ex-prefeito ainda comentou que aqueles que o criticaram sobre sua administração terão respostas, mas somente em 2015, pois segundo ele, “aos meus críticos respondo com trabalho, em 2014 estarei de volta e 2015, se Deus quiser, eleito, vou voltar a trabalhar para o povo”, finalizou.
João Castelo aparenta está bem fisicamente e também recuperado da derrota sofrida, apesar de todas essas declarações o tucano ainda não revela qual cargo disputará próximo ano e sobre as negociações do seu partido, ele disse que todos tem autonomia para buscar o melhor caminho.
Deixando na entrelinhas, que o caminho dele parece ser bem tranquilo, caso opte pela disputa da vaga de deputado federal.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>