Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

PMDB deve perder mais dois deputados estaduais

9 de agosto de 2013 : 15:54

Não é de hoje que alguns deputados estaduais vem se preocupando com suas reeleições e o receio é maior quanto a uma derrotada, principalmente nos partidos grandes, que tem nomes de peso, caso esse do PMDB. A legenda em 2010 elegeu seis parlamentares e ainda ganhou mais com a troca de Max Barros, que deixou o DEM e ingressou as fileiras peemedebistas. Porém o partido que tinha o maior número de representante na Assembleia, pode chegar as vésperas da eleição próximo ano com uma bancada bem enxuta, isto por conta da saída de Afonso Manoel, que foi para o PSD e de mais dois deputados que já articulam suas saídas.

Fábio Braga tem procurado outras legendas

Fábio Braga e Stênio Rezende deixam como certas suas saídas do PMDB, inclusive o segundo já teria comunicado a decisão ao presidente Arnaldo Melo (PMDB).

O suplente Fábio Braga tem uma situação mais delicada, apesar de demonstrar o desejo de deixar a legenda, ele tem o receio de que perca sua vaga ao passo que alguns dos titulares da vaga voltem ao parlamento e tirem seu espaço. Porém o peemedebista também é muito próximo de João Alberto, o que poderia lhe proteger de qualquer retaliação por conta de sua decisão.

Stênio já teria comunicado ao presidente sua decisão

Stênio Rezende eleito em 2010 com mais de 43 mil votos, deve procurar uma legenda intermediária, pois acredita que a disputa no PMDB para deputado estadual vai ser desigual.

Caso a saída dos deputados seja concretizada, o PMDB ainda terá Roberto Costa, Max Barros, Vianey Bringel e Arnaldo Melo como representantes do partido no parlamento estadual. Mas ainda contará a partir de abril de 2014 com a volta de Ricardo Murad, que deve deixar a secretaria da Saúde para disputar o cargo novamente. Com cinco deputados concorrendo a reeleição e mais a possível entrada do filho do senador João Alberto, o João Marcelo, a briga deve ser grande, botando para correr aqueles que acham que pode ser uma disputa desigual.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>