Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

A poesia na boca do povo

18 de novembro de 2019 : 08:14

Por Adriano Sarney

Foi por uma sugestão de Benedito Buzar, presidente da Academia Maranhense de Letras, que apresentei, em 2015, na Assembleia Legislativa, um projeto de lei que estabelece 10 de agosto como o Dia Estadual da Poesia, data que faz alusão ao nascimento do grande poeta maranhense Gonçalves Dias. A iniciativa também prevê a realização do “Prêmio Gonçalves Dias” ou “Prêmio Novos Poetas Maranhenses”, concurso literário com o intuito de estimular a participação de poetas e poetizas da capital e do interior do estado.

A lei, que entrou em vigor no ano seguinte de sua apresentação, já colhe frutos. E a cada ano que passa vejo com muito entusiasmo ela cumprir seu objetivo: o de popularizar a poesia e resgatar uma vocação de nossa cultura. Contudo, essa iniciativa legislativa não seria o bastante se não tivesse o apoio e a parceria da competente entidade civil Associação Maranhense dos Escritores Independentes (AMEI), uma vez que o governo do estado não demonstrou interesse em apoiar o concurso. A AMEI capitaneada pelo português José Viegas (que em breve receberá o título de Cidadão Maranhense na Assembleia Legislativa proposto por mim) e sua esposa Cleo Rolim, vem executando um serviço bem interessante. Localizado no Shopping São Luís, o espaço tem um auditório onde são feitos eventos e exposições culturais, tem uma livraria com livros de escritores maranhenses e uma editora independente.

Nessa pegada de parceria entre o meu mandato e a AMEI, idealizamos e viabilizamos com sucesso duas edições do “Prêmio Gonçalves Dias”, assim como a produção de um livro coletânea de poemas. No primeiro concurso literário, tivemos a presença de 183 participantes de todo o Maranhão. Na segunda edição, o número de inscritos aumentou em 50% e contamos com a presença de 285 autores que apresentaram 505 poemas. Destes poemas da segunda edição, a editora da AMEI selecionou os 45 finalistas escolhidos pela banca julgadora (formada por integrantes da Associação) e lançou uma coletânea cujo a primeira tiragem foi completamente esgotada no dia do evento da entrega do Prêmio deste ano.

Mas o sucesso se deve mesmo pela participação de diversos poetas e poetizas tanto da capital mas, principalmente, do interior do estado. Uma demonstração de que temos um grande interesse e potencial literário a ser explorado e apoiado. E pretendo seguir incentivando a criação poética e sua difusão em massa, de uma maneira leve e compromissada.

Popularizar a poesia é resgatar nossa “Atenas Brasileira”, nossa cultura. É dar voz ao homem popular para que se expresse sem os alicerces da diferença e da injustiça. É propor uma revolução intelectual, pessoal e coletiva. É transformar para melhor uma sociedade. Viva o Dia estadual da poesia! Viva Gonçalves Dias! Viva a AMEI!

Adriano Sarney

Deputado Estadual, Economista com pós-graduação pela Université Paris

(Sorbonne, França) e em Gestão pela Universidade Harvard.

Email: [email protected]

Twitter: @AdrianoSarney

Facebook: @adriano.sarney

Instagram: @adrianosarney

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>