Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Na semana do meio ambiente, vereador Honorato Fernandes alerta para necessidade de aliar crescimento econômico à sustentabilidade

5 de junho de 2018 : 13:01

Na Semana do Meio Ambiente, o vereador Honorato Fernandes (PT) voltou a alertar para a necessidade de adoção de políticas públicas que integrem inclusão social e proteção ambiental ao atual contexto decrescimento econômico do Maranhão.

O parlamentar destacou que o notório crescimento econômico pelo qual o Maranhão passa atualmente precisa estar alinhado aos princípios de sustentabilidade social e ambiental.

“A chegada de grandes empreendimentos no nosso Estado é sem duvida um ponto positivo. O aumento do PIB maranhense é prova concreta dos benefícios desses investimentos. Mas é necessário estar atento para o fato de que o descompasso existente entre a utilização e a preservação do meio ambiente gera um modelo de desenvolvimento econômico que reflete em problemas socioambientais gravíssimos,” afirmou Honorato lembrando ainda a situação alarmante da poluição do ar na cidade de São Luís, que, segundo estudos, é fator determinante para o brusco aumento da temperatura e as constantes mudanças climáticas na cidade.

“É assustador saber que a cidade de Cubatão, conhecida, nacional e internacionalmente, como uma das cidades mais poluídas, hoje, registra menos poluentes que a cidade de São Luís, que já ultrapassa os limites legais de poluentes de óxidos de nitrogênio e partículas em suspensão”, lamentou o parlamentar.

O quadro de elevado nível de poluição do ar em São Luís relatado pelo vereador está presente no primeiro inventário sobre a emissão de poluentes no Distrito Industrial. O levantamento, divulgado em 2017, foi realizado pela Secretaria de Indústria e Comércio do Estado do Maranhão.

A biocapacidade (capacidade do ecossistema em produzir os recursos consumidos) do município de São Luís foi outra questão levantada pelo parlamentar, que destacou ainda as pesquisas científicas produzidas pela professora de Biologia/ Meio Ambiente do IFMA, mestre em Sustentabilidade de Ecossistemas, Alexsandra Maura Bernal. De acordo com estudos feitos pela pesquisadora, a biocapacidade do município de São Luís é absurdamente menor que o nível de consumo dos habitantes da cidade.

“A pesquisa da professora Alexsandra Bernal foi outro estudo que me deixou alarmado com relação ao elevado grau degradação do nosso meio ambiente. Segundo a pesquisa, para dar sustentação ao nível de consumo da população da ilha de São Luís, seria necessário um potencial natural vinte duas vezes maior ao já existente no nosso município”, disse Honorato, que concluiu a fala ratificando a necessidade de conscientizar não somente a população, mas também o poder público, para ações de desenvolvimento sustentável e em equilíbrio com o meio ambiente.

“O Dia Mundial do Meio Ambiente deve ser uma data dedicada a chamar atenção da população e, sobretudo do Poder Público, para problemas ambientais e para a importância da preservação dos nossos recursos naturais”, finalizou o parlamentar.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>