Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Laudo atesta que empresário Davi Bugarin agrediu namorada, antes de ser assassinado por sogro

5 de março de 2018 : 08:46

Foram divulgados na última sexta-feira (2), os resultados dos exames cadavérico do músico e empresário Davi Bulgarin e de corpo de delito da namorada, Ingrid Raiane Silva, que teria sido agredida no dia de sua morte no dia 15 de fevereiro. Na oportunidade, o pai da garota, o militar reformado Walber Pestana da Silva, de 62 anos,presenciou as agressões e acabou disparando três vezes contra o rapaz, um dos tiros o acertou, levando a óbito.

De acordo com o delegado da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa, Lúcio Reis, os laudos comprovaram diversas lesões no corpo de Ingrid, causados por instrumentos cortantes e pontiagudos. Ela teria sido atingida na cabeça, braços, pernas e nariz.

O laudo cadavérico de Davi confirma parcialmente a versão apresentada por Walber Pestana. “Apenas um tiro atingiu Davi. Na lateral esquerda do tronco, altura da região axilar. O senhor Walber acreditou ter acertado dois tiros na vitima, mas foi apenas um. Não foi relatado nenhuma outra lesão externa no corpo de Davi”, explicou o delegado.

As informações são do MA10.com.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>