Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Sampaio pressiona, mas fica no empate com o Moto

13 de abril de 2015 : 07:20

Nada de gols no clássico deste domingo entre Sampaio Corrêa e Moto Club. Sob uma chuva constante, o Tricolor buscou a vitória durante todo o jogo, mas não conseguiu furar a retranca rubro-negra.

Dominante em campo, o Tubarão não se importou com o temporal que desabou durante o primeiro tempo, e quase abre o placar com Robert, mas a bola passou caprichosa rente à trave motense.

O cenário era um só; O Sampaio atacava, o Moto se defendia e esperava uma chance de escapar no contragolpe, mas não encontrava brechas na retaguarda boliviana, sempre atenta e bem postada.

Apesar do domínio, o Sampaio não conseguiu abrir o placar e a igualdade prevaleceu ao fim do primeiro tempo chuvoso no Castelão.

O panorama não se alterou na etapa final. A proposta motense de contra atacar prevaleceu, e o Sampaio não queria acordo. Foi pra cima em busca da vitória. Era só o que importava para o Tubarão.

A chuva já havia estiado, o ímpeto Tricolor, não. Pimentinha deixou dois no chão, mas não conseguiu concluir a gol. Raí passou por toda a defesa e cruzou com perigo, mas o ataque boliviano não obteve êxito.

A ofensiva perdurou por todo o segundo tempo, e o zero não saia do placar. A igualdade estava sacramentada, apesar do amplo domínio Tricolor durante a partida.

As semifinais ainda estão indefinidas. Em terceiro lugar na tabela, o Sampaio aguarda o confronto entre São José e Santa Quitéria (adiado por conta da chuva) para conhecer o seu adversário.

O grupo ganha a segunda-feira de folga e se reapresenta na terça-feira pela manhã, às 8h30, no CT José Carlos Macieira.

O Sampaio jogou com Milton Raphael, Daniel, Luis Otávio, Edvânio e Raí (Fernandinho); Dudu, Curuca (Wilian Simões), Diones e Válber; Pimentinha (Cleitinho) e Robert.
Com dados do site do Sampaio

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>