Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Estado e entidades sindicais dialogam sobre tabela de pagamento dos servidores públicos

17 de janeiro de 2015 : 18:00

Ratificando a diretriz de governança participativa determinada pelo governador Flávio Dino, o secretário de Gestão e Previdência (Segep), Felipe Camarão, e o secretário de Articulações Políticas e Assuntos Federativos, Márcio Jerry, se reuniram nesta sexta-feira (16) com representantes de 23 sindicatos e associações representativas dos servidores públicos do Maranhão, na sede da Segep, no Calhau.

Os secretários explicaram aos presentes a tabela de pagamentos dos servidores públicos divulgada na última quarta-feira (14), prevendo os pagamentos até o segundo dia útil de cada mês. “A tabela apresenta uma previsão de dia limite para o pagamento dos servidores, fora do mês, em virtude da situação financeira em que o Estado se encontra, mas assim que esse cenário for revertido, uma tabela reajustada será divulgada”, explicou o secretário Márcio Jerry.

Várias medidas já estão sendo tomadas para que a situação financeira do estado seja normalizada. “Para regularizar essa situação, o governador já determinou o contingenciamento de 30% no custeio de todas as secretarias do governo, redução nas gratificações dos cargos comissionados, e também determinou que a Procuradoria Geral do Estado e a Secretaria da Fazenda fizessem uma força-tarefa para arrecadar mais dinheiro para o Estado, de forma que a gente possa contornar essa atual conjuntura econômica da melhor maneira possível”, destacou o titular da Segep, Felipe Camarão.

Mesa permanente de diálogo

Durante o encontro, uma nova reunião entre as secretaria e as entidades ficou pré-agendada para o dia 24 de fevereiro, quando será debatida a criação de uma mesa permanente de diálogo. Os representantes do Governo do Estado destacaram que o diálogo com a sociedade é uma diretriz do governador Flávio Dino.

“Essa é uma pauta que nós já reivindicávamos há anos com as gestões passadas. Agora que o governo está abrindo a porta, se colocando a disposição dos servidores, é um grande avanço”, frisou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Maranhão, Cleinaldo Lopes.

A diretora do Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário, Liana Furtado, lembrou que a medida vai melhorar a gestão pública. “O servidor público vai estar mais participante do governo, vai poder ter uma relação mais amigável e com certeza o governo não terá tanto problema quanto teve o governo passado em matéria de greves e paralisações, que tanto afetam o trabalho do governo”, pontuou.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>