Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Infraero aponta queda no número de turistas no Maranhão

4 de maio de 2015 : 09:27

O Maranhão possui um dos maiores potenciais turísticos do país. Além de São Luís com suas belas praias e o curioso Centro Histórico, os Lençóis Maranhenses, a Chapada da Mesa, o Delta do Parnaíba e até a cidade de São José de Ribamar são atrativos para que turistas venham conhecer o estado. No entanto, apesar de todos esses equipamentos turísticos, a Secretaria estadual de Turismo não consegue atrair visitantes ao Maranhão. Os números só mostram uma queda acentuada dos embarques e desembarques no Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado.

De acordo com dados fornecidos pela Infraero nos três primeiros meses do ano em São Luís, embarcaram e desembarcaram 379,979 pessoas. No mesmo período de 2014 foram 461,379. Uma queda de 17,64% no movimento de turistas, o que corresponde a menos 81,400 pessoas circulando no estado.

O dado é preocupante, pois a rede hoteleira de São Luís não vem sendo ocupada, trazendo prejuízo e desemprego.

infraeropassagmar2014

infraeropassagmar2015

Os números apresentados mês a mês só mostram o declínio de passageiros. Em janeiro foram 125,625 quando em 2014 foram 177,580; fevereiro foram 126,105, quando em 2014 foram 138,436 e março foram 128,249, quando em 2014 foram 145,363.

A secretária de Turismo, Delma Andrade, vem se envolvendo em polêmicas com trade turístico. A antropóloga não consegue manter o diálogo com os empresários e pessoas ligadas ao setor. Ao mesmo tempo, ele vem tomando medidas questionáveis. Na edição deste mês da revista Caras, a atriz Leona Cavalli revela que foi convidada para visitar o Maranhão e ainda teve uma lagoa do Lençóis Maranhenses batizada com seu nome. O caso chega a ser esdruxulo, mesmo que não exista algo formal, afinal secretário nenhum tem poder de batismo e muito menos no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. (veja aqui a polêmica)

Como ex-presidente da Embratur, Flávio Dino tem que chamar a atenção e cobrar resultados da secretária Delma Andrade. Sem turistas no Maranhão, o comércio fecha, a economia para e os empregos começam a sumir. Devemos ter preocupação com esse setor que é extremamente importante para processo de geração de renda.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>