Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

“Não me prestarei a esse papel de ser laranja do Flávio Dino”, informa Zé Luís Lago

30 de dezembro de 2013 : 17:40

Para quem pensava que a disputa a governador seria plebiscitária, se enganou. Eliziane Gama (PPS) e Hilton Gonçalo (PDT) já demonstraram interesse em participar do pleito, porém as opções de candidatos ao governo do Maranhão vão ficar maiores, uma vez que o presidente do PPL, Zé Luís Lago, revelou que irá disputar o cargo majoritário em 2014, porém ele alerta que não entra para fazer o papel de candidatura “laranja” de Flávio Dino como alguns devem começar a pregar.

Zé Luís Lago vai buscar apoio de partidos como PSB e PROS


Irmão do ex-governador Jackson Lago, o médico traz como principais bandeiras: o trabalhismo, o desenvolvimentismo nacional, a redução de juros, a defesa da empresa nacional, defesa da classe trabalhadora, crescimento do pib, fortalecimento do nosso parque industrial etc.

Sobre a possibilidade de ser apontado como um candidato “laranja” de Flávio Dino, Zé Luís Lago foi enfático a declarar: “Não faz parte da minha história a se prestar um papel desse. A minha candidatura é irreversível. É uma determinação nacional”.

Questionado se sua candidatura será mais uma a rachar a oposição, o presidente do PPL diz que não concorda com a afirmação e que no primeiro turno, existe sim, a possibilidade de várias candidaturas se apresentarem e isso fica melhor para a população, que pode ter várias opções de analisar e escolher a melhor proposta.

Sem tempo de televisão, o pré-candidato ao governo já avisou que irá explorar bastante a força da internet e das redes sociais para alcançar uma votação expressiva, segundo o médico, hoje o “mundo ficou plano” e a “universalização da comunicação” vão facilitar a sua candidatura.

É mais um que entra para embaralhar a campanha eleitoral de 2014, que promete ser uma das mais disputadas…


Um comentário em ““Não me prestarei a esse papel de ser laranja do Flávio Dino”, informa Zé Luís Lago”

  1. Anonymous

    9 anos atrás  

    Não tem 200 (duzentos) votos

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>