Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Presidente da Associação Comercial do Maranhão entra na Justiça contra prefeitura de São Luís

20 de novembro de 2013 : 20:15

Blog do Aquiles Emir

A presidente da Associação Comercial do Maranhão, Luzia Rezende, anunciou nesta quarta-feira (20) que ingressou com ação na Justiça questionando a constitucionalidade da lei que fixou o 20 de novembro como feriado municipal em São Luís. Ela não sabe se conseguirá ainda para esta sexta-feira (22) liminar que impeça os estabelecimentos comerciais de funcionar, mas está praticamente decidido que os estabelecimentos bancários vão abrir porque fecharam as portas na data do feriado, pois não foram informados com antecedência que as comemorações haviam sido transferidas para o fim de semana.

Luzia Rezende diz que a motivação do ajuizamento da ação está no fato de a prefeitura já ter preenchido todos os feriados que lhe cabem, no total de quatro, todos de caráter religioso, sendo eles: Sexta-feira Santa, São Pedro (29 de junho), Natividade de Nossa Senhora (08 de setembro) e Nossa Senhora da Conceição (08 de dezembro). A empresária recorda que por conta desta limitação, Corpus Christi deixou de ser oficialmente feriado em São Luís, pois para manter a folga do 08 de setembro, data de fundação da cidade, o feriado cívico foi transformado em religioso.

A empresária acha justa a comemoração do 20 de setembro, tal como estava na lei assinada pelo ex-prefeito Jackson Lago, ou seja, um dia para reflexões sobre a situação do povo negro, realização de eventos cívicos, porém acha exagerada a paralisação dos estabelecimentos comerciais, indústrias e bancários, até porque extrapola os limites do que é permitido à Prefeitura.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>