Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Médicos brasileiros começam a ser demitidos em algumas cidades, por conta da chegada de estrangeiros

8 de novembro de 2013 : 07:24

Contemplado com o Programa  ‘Mais Médicos’, do governo federal, os municípios de Santa Rita e Codó, no interior do Maranhão, começaram a fazer alguns “ajustes” para redução do quadro de médicos. Essa constatação se confirmou depois de uma denúncia que chegou ao Conselho Regional de Medicina (CRM), dando conta de que os médicos das referidas cidades foram dispensados para a contratação de profissionais do programa Mais Médicos.

A medida anunciada pela presidente Dilma Rousseff com a intenção de reduzir a carência de profissionais de saúde no país, proíbe prefeituras de demitir médicos já contratados. Segundo o Ministério da Saúde, os municípios que descumprirem essa regra serão excluídos do programa.

O CRM diz estar recebendo várias queixas de médicos que denunciam que estão sendo demitidos para dar lugar aos estrangeiros. Segundo Abdon Murad, presidente da entidade, a maioria os primeiros casos se concentra em Santa Rita e Codó. “Os médicos estrangeiros são pagos pelo Governo Federal, por isso, as prefeituras de Santa Rita e Codó demitiram os que recebiam salário pela folha municipal para não ter que arcar com esta despesa”, afirmou.

Os médicos teriam sido demitidos após os municípios receberem os profissionais estrangeiros enviados pelo programa do governo federal. O CRM disse que vai tomar as medidas judiciais cabíveis, pois a demissão descumpre as normas da medida provisória que instituiu o programa.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>