Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Max Barros pode trocar o PMDB pelo PSD

24 de setembro de 2013 : 06:30

De nada parece ter adiantado a pressão do PMDB imposta sob o deputado Afonso Manoel (PSD), chegando a anunciar que poderia reivindicar o seu mandato. Como anunciado por este jornalista (veja aqui) a estratégia pensava exclusivamente em evitar novas saídas da legenda, afinal Stênio Rezende, Fábio Braga e Arnaldo Melo cogitam a possibilidade. Porém quem deve se antecipar em relação aos colegas é o ex-secretário estadual de Infraestrutura, Max Barros que está de mala prontas para o PSD.

Max Barros já foi do DEM, hoje está no PMDB e amanhã pode estar no PSD

Seria a segunda troca partidária envolvendo os dois partidos. No mês de julho, Afonso Manoel migrou para a legenda a fim de ocupar a vaga de presidente do diretório municipal de São Luís.

Caso seja consolidada a ida de Max Barros ao PSD, o partido mostrará de vez que vem para ser grande em 2014, uma vez que sua bancada irá pular de 6 para 7 deputados estaduais na Assembleia Legislativa, representando o partido com maior número de parlamentares.

O PSD que corria o risco de esvaziamento, com a possibilidade de saídas de Dr Pádua e Alexandre Almeida, além do deputado Raimundo Cutrim, hoje vive processo contrário, torna-se uma legenda extremamente competitiva com chances de brigar até para indicar um nome para chapa majoritária do grupo governista.

Enquanto isso o PMDB vai ficando cada vez menor na Assembleia, isto tudo por conta dos nomes de peso da legenda, afinal ninguém quer correr o risco de ficar sem mandato, após as eleições de 2014.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>