Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Tragam 280 parlamentares de Cuba

29 de agosto de 2013 : 09:33

Na noite da última quarta-feira (28), a Câmara Federal promoveu uma das cenas mais ridículas da história daquele parlamento. Simplesmente 280 deputados federais (131 votara contra a perda do mandato, 41 se abstiveram e pelo menos 108 nem apareceram na sessão) compactuaram com a postura de Natan Donadon (RR), que foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal a 13 anos de prisão por ter desviado R$8,4 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia, quando ocupou o cargo de Diretor Financeiro. E se a moda agora é “cubanizar” a nossa nação, que busquemos no parlamento de Havana nomes para limpar a vergonha que é o nosso.

Sem cerimônia, Natan Donadon comemora a absolvição na Câmara Federal

Donadon chegou a Câmara Federal algemado e pedindo clemência. Reclamou da comida do Complexo Penitenciário da Papuda, onde está preso desde junho. Ainda contou que as condições são péssimas: falta água, inclusive informou que enquanto se ensaboava no banho antes de ir ao Congresso, o chuveiro parou de funcionar e ainda relatou que a comida é de péssima qualidade, o que tem contribuído para uma alimentação ruim e consequentemente uma piora da síndrome do intestino irritável, que ele apresenta.

Lamentável!! Muito lamentável. Imagina um homem acostumando com os luxos proporcionados pelo cargo de deputado federal, comer um bandeco oferecido em uma penitenciária ou então ficar em uma cela que mal deve caber uma cama. É muita humilhação!!

Porém além do excelentíssimo deputado, pois assim permanecerá até o fim de 2014, quando encerra seu mandato, apesar de estar preso, outros deveriam fazer companhia. Quem sabe os 280 parlamentares que mantiveram o status de Natan Donadon permanecer como DEPUTADO FEDERAL.

Melhor. Convoquemos de forma urgente, os parlamentares cubanos para solucionar o problema daqui, com certeza lá na ilha eles estão loucos para trabalhar, diferente dos nossos. No regime castrista, os membros do parlamento tem bem menos poderes e assim devem estar com desejos reprimidos de trabalhar.

Devaneios a parte, vale a pena uma boa reflexão do que é o Brasil. Enquanto não vivemos na pele o que se passa, nada incomoda, mas isso não vem ao caso neste momento. E outro fato lamentável é o corporativismo e compactuação do que é mais sujo na política brasileira. Se Natan Donadon hoje passa por momentos difíceis como falta d´agua e comida de péssima qualidade – não pode deixar de lamentar – foi uma situação provocada exclusivamente por ele.

Seria até necessário uma reflexão do próprio: O que poderia ser feito com os R$8,4 milhões desviados da Assembleia Legislativa? Pelo menos em minha memória e nos noticiários não consta que a população de Rondônia goza de uma das melhores qualidade de vida do país.

P.s.: Natan Donadon ainda reclamou que pela primeira vez andou de camburão na vida. É melhor ele se acostumar, afinal vai passar um bom tempo longe de sua Hilux que utilizava, como declarado em sua prestação de conta em 2010.

Um comentário em “Tragam 280 parlamentares de Cuba”

  1. 8 anos atrás  

    Tu estás comparando políticos corruptos com médicos?! Aproveita, então, e pede pra vir uma meia dúzia de jornalistas junto com os 280 parlamemtares cubanos.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>