Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Finalmente acabou a temporada do futebol maranhense 2009

16 de novembro de 2009 : 19:05
O ano foi assim para o torcedor maranhense

O sentimento é de alívio do torcedor maranhense, depois de longos nove meses, três campeonatos locais, (Campeonato Maranhense, Taça Cidade de São Luis e Taça Djalma Campos) e três disputas a nível nacional (Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro Série C e D) os jogos de futebol no Maranhão estão encerrados.
O inicio foi até motivador, Sampaio e Moto fizeram exibições na Copa do Brasil, que indicavam que o ano de 2009 seria bem diferente, seria o ano do Maranhão no cenário futebolístico brasileiro, a empolgação logo virou decepção.
Após as boas atuações na Copa do Brasil, apesar da precoce eliminação na primeira fase, a expectativa era imensa para o Campeonato Maranhense e para as disputas Série C e D, infelizmente por falta de planejamento da Federação e clubes, o campeonato local foi um fracasso e as disputas nacionais teve como resultado: Sampaio rebaixado da C para a D e o Moto Club eliminado na primeira fase da quarta divisão do Campeonato Brasileiro, além do rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Maranhense, maior vexame da história do rubro-negro, no final a torcida viu um time recém-criado, sem torcida, mas com excelente organização e planejamento sagrar-se campeão Maranhense.
Não satisfeitos com o vexame a FMF – Federação Maranhense de Futebol – e os clubes se lançam em novas empreitadas, a Taça Cidade de São Luis e para completar o festival de lambanças, o Moto Club recém rebaixado é incluído na Segunda Divisão do Campeonato Maranhense do mesmo ano, pronto a bagunça estava completa.
A segunda divisão com quatro participantes, não era mais do que uma armação para a volta do Moto a elite do futebol, se é que se pode dizer que tem uma elite no futebol maranhense, o problema é que o acordo para trazer o Moto de volta, não fora combinado com Santa Quitéria, Viana e Chapadinha, os quais atrapalharam os planos do time rubro-negro, da Federação e do próprios adversários Sampaio e MAC, que desejavam a volta do clube, resultado final: goleada recorde no futebol, Viana 11 a 0 no Chapadinha, resultado que impediu a volta do Papão, que atualmente não papa mais nada.
Na Taça Cidade de São Luis, foi só um replay do ano todo, jogos que aconteceram durante sete meses e voltaram a acontecer, o torcedor por mais que seja um entusiasta e apaixonada, também cansa. Para completar o ano, na final da Taça Cidade de São Luis, o presidente do IAPE, time que estava na decisão, ameaçou não deixar o time voltar para campo e após perder o título já ameaçou não botar o time em 2010 nas competições, por não concordar com o resultado final.
Definitivamente é melhor mesmo ter acabado o ano de 2009 para o futebol maranhense, já foi vexame e confusão demais, mas mais uma vez fica a expectativa para o próximo ano e o desejo de FELIZ ANO NOVO!!

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>