Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Ivaldo Rodrigues anuncia em artigo que está com “Dever cumprido”

17 de fevereiro de 2020 : 05:03

Por Ivaldo Rodrigues

A cidade de São Luís vive um momento de euforia administrativa jamais visto.  Após décadas de desencontro de interesses entre o governo do Estado e a prefeitura da capital, finalmente encontramos a harmonia entre essas duas instâncias de poder que deveriam sempre estar coadunadas e somando esforços para o progresso da cidade e a prosperidade do nosso povo. Finalmente temos um governador e um prefeito da capital que agem politicamente na mesma direção, no rumo do desenvolvimento sustentável da cidade que é patrimônio histórico e cultural da humanidade. Por essa grandeza de espírito, por essa visão arrojada na perspectiva da elaboração e execução de um projeto coordenado e inclusivo de desenvolvimento, parabenizamos o governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda Junior.

A população de São Luís aplaude a presença objetiva do trabalho da prefeitura em todos os cantos da cidade, tanto no perímetro urbano quanto na zona rural. Pela primeira vez contemplamos o resultado de uma política pública consorciada, reunindo inúmeras obras com a marca da parceria do governo estadual e municipal. Em todas as áreas da administração, o prefeito Edivaldo Holanda Junior vai inscrevendo seu nome como um tocador de obras, um gestor de resultados, que enfrenta e resolve os problemas com agilidade e em sintonia com as aspirações de todos os habitantes da capital. Agora mesmo assistimos ao impressionante volume de recuperação e asfaltamento de ruas de inúmeros bairros da cidade, que já somam mais de 200 km de vias requalificadas, tornando mais confortável, segura e promissora a vida de moradores, comerciantes e transeuntes dessas vias reanimadas pelo asfalto novo e de qualidade.

A atuação do prefeito rompeu a tradição equivocada de execução de obras somente numa faixa delimitada da cidade, onde se localizam os bairros mais valorizados. Edivaldo Holanda Junior inaugurou um modelo de gestão que se alicerça na escuta e no diálogo com a população para ir estabelecendo prioridades numa complexa realidade de urgências e definir num arranjo coletivo o atendimento das demandas. Esse modelo, além de emprestar agilidade às obras, legitima a transparência em todas as fases de execução dessas operações. Os equipamentos públicos que vão sendo entregues à polução são resultado de um amplo debate entre a comunidade e o poder público, no esforço cotidiano de aproximar a gestão da vida concreta do nosso povo. A inovação pode ser observada em todas as áreas e todos os setores da administração de São Luís, até mesmo em alguns campos de constatação mais complexas, por não serem obras físicas, mas que auxiliam de modo fundamental para a modernização da gestão, como é o caso das parcerias institucionais.

Nesse esforço de conjugar interessestranspassem o quadrante político para alcançar o conjunto da territorialidade municipal, a prefeitura de São Luís vai construindo uma história de ousadia em tempos tão severos do ponto de vista da falta de perspectiva e da desesperança que vai consumindo o Brasil. Mesmo num cenário de crise e recessão brutal, o prefeito Edivaldo Holanda Junior redobra os investimentos e oferece ao povo da capital umconjunto de obras que dá à nossa querida cidade, uma feição cada vez mais aberta e acolhedora, que constitui-se num espaço de oportunidade para todos os seus filhos e para aqueles que para aqui acorrem em busca de crescimento e estabilidade.

Dentre os muitos avanços, destacamos algumasáreas que apresentam maior visibilidade, como a reforma já concluída de 20 unidades de saúde da rede de atenção básica, além de mais 18 unidades com reforma prevista para este ano; o incremento do programa de humanização do atendimento e da diminuição do tempo de espera na rede pública municipal de saúde; a informatização de todas as salas de imunização da saúde que deverá ser concluída este ano; aquisição de novos e modernos equipamentos tecnológicos para o auxílio do diagnóstico e tratamento em todas as unidades de saúde da cidade.

Na área da educação, além da reforma e equipamento de grande parte dos prédios da rede pública, tivemos a convocação de mais de 300 novos profissionais para desafogar o sistema. Foi feito o pagamento do abono salarial aos professores. O transporte público da capital avançou numa velocidade surpreendente, trazendo um aporte de mais 720 veículos renovados, dentre os quais 343 com ar-condicionado. A introdução de outras medidas modernizadoras, tais como a Biometria Facial, Bilhete Único, Recarga Embarcada, Cartão Criança e o aplicativo Meu Ônibus estão tornando o nosso sistema de transporte público mais eficiente e civilizado.

No setor que temos a honra de comandar, a Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento – SEMAPA, estamos ajudando o prefeito Edivaldo Holanda Junior a implantar uma verdadeira “revolução verde” na nossa zona rural, com reflexos positivos não somente para as centenas de famílias de produtores, mas também para todos nós, consumidores, que passamos a ter a oportunidade de acesso direto e a preços atrativos, de produtos mais frescos, limpos e controlados.

Ainda dentro da relação administrativa favorável entre a prefeitura e o governo do Estado, a SEMAPA entregou a 60 famílias de 30 comunidades de São Luís, equipamentos e insumos para piscicultura e pesca, totalizando 14 toneladas de ração para engorda de peixe, dois barcos de pesca e 10 motores de rabeta. Dentre as comunidades beneficiadas, estão Anajatiua, Cabral Miranda, São Joaquim, Assentamento Conceição, Coquilho I e II, Estiva, Tajipuru, etc. Também atendemos e assistimos os nossos apicultores com a concessão de equipamentos de manejo e beneficiamento do mel, em comunidades como Sol Nascente e Cassaco, dando um importante impulso a esse segmento que tem grande potencialidade produtiva e mercado no nosso município.

No quesito especifico da produção agrícola, o fortalecimento ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), vem servindo para incrementar a renda da produção familiar do nosso campo, servindo ainda para a garantia da segurança alimentar da nossa cidade. Nesse espectro, 800 agricultores que compõem 11 associações rurais da capital, asseguram o fornecimento dos programas citados. Outras ações são destaque no esforço da Semapa em manter e ampliar o nosso serviço de apoio logístico e assistência técnica às famílias produtoras, tais como: distribuição de sementes, articulação junto a agentes de crédito, disponibilização em parceria de espaços rurais para as instituições de ensino e pesquisa agro-pecuária, etc. De acordo com dados do Inagro, houve um crescimento de 106,9% na produção agrícola da zona rural de São Luís nos 4 últimos anos.

Na corrida pela atualização de padrões dos serviços oferecidos pela SEMAPA, merece realce a investida na modernização do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). Em 2019 foi credenciado o primeiro abatedouro de aves da capital, tirando da total clandestinidade esse setor que representa uma importante fatia do consumo de proteína na nossa cidade, sobretudo entre a população de menor renda. A SEMAPA vem cumprindo diligências constantes na busca de enquadramento de abatedouros de todos os segmentos, a fim de assegurar qualidade aos produtos comercializados em nossas feiras e mercados. Nessa perspectiva, foi conferido o certificado de registro do SIM ao abatedouro/frigorífico de caprinos e ovinos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA). Já são 52 certificados dessa natureza expedidos pela prefeitura, através da Semapa, que segue um rígido protocolo de inspeção e controle, para garantir a qualidade da saúde pública.

No campo da parceria institucional, fizemos convênio com o IFMA para a abertura de estágio nas Unidades de Referência Produtiva, beneficiando até o momento, mais de 100 alunos do Campus do Maracanã. Parcerias com o Sebrae, Senar, Associação Comercial do Maranhão, Bancos, setores da iniciativa privada vão possibilitando o alargamento da nossa capacidade de atendimento e aproximação do universo de produtores da nossa cada vez mais forte zona rural.

Outro setor que vem ganhando um entusiasmo crescente na nossa gestão é o de feiras e mercados. Pela primeira vez na história da nossa cidade, uma ação coordenada da envergadura da que estamos implementando, conseguiu atingir tantos espaços públicos, com reformas, ampliações e construções. Muitos mercados já foram entregues, como os da Vila palmeira, Anil, Liberdade, e Macaúba. Os mercados da Vicente Fialho, da Cohab, do São Francisco, do Coroadinho e das Tulhas, na Praia Grande, serão entregues à população em breve.Acabamos de entregar barracas novas para todos os produtores de todas as feiras livres de São Luís. A última vez que barracas novas tinham sido entregues foi no início da década de 1990.

Para finalizar este artigo, que é uma homenagem ao trabalho, ao compromisso e à esperança de um governo que caminha com segurança e determinação nesse terreno minado pela crise nacional, não poderíamos deixar de falar da Feirinha São Luís, realizada todos os domingos na Praça Benedito Leite, ao lado da catedral. A Feirinha São Luís conseguiu um patamar de prestígio que a converteu não somente numa referência nacional de um esforço coletivo de convergência dos produtores para junto dos consumidores, mas a demarcou como um ponto de destaque permanente no calendário cultural de São Luís. A Feirinha vem servindo como vitrine de uma administração que quer trazer o povo para as praças, para o convívio fraterno e festivo, para o exercício de um modelo de cidadania que compreende o habitante da cidade como o seu legítimo dono.

Já estamos na 135ª edição da Feirinha e segundo estimativa da Polícia Miliitar, quase 1milhão e 400 mil pessoas já passaram sua manhãs e tardes na Feirinha, compartilhando a alegria de adquirir produtos vindo direto da nossa produção familiar, experimentar o sabor da nossa culinária e participar dos shows que expressam a nossa cultura. Todo esse aparato da Feirinha São Luís já movimentos mais 65 milhões de reais, capitalizando os 122 feirantes e comerciantes que atendem no espaço, assim como os grupos artísticos – mais de mil já se apresentaram no nosso palco , gerando um importante impacto positivo na economia da cidade. A Feirinha São Luís é atualmente um exemplo inovador que começa a ser replicado pelo Brasil afora. Nossa Feirinha é um orgulho e um patrimônio do nosso povo que o prefeito Edivaldo Holanda Junior, por meio da equipe da SEMAPA, como idealizadora e realizadora desse evento, vai deixar como legado para a nossa capital. O êxito da Feirinha São Luís conferiu a nossa administração, o titulo de Prefeito Empreendedor, conferido pelo Sebrae.

Por tudo o que foi dito, é que expresso a minha satisfação de fazer parte desse governo feito por pessoas que se esforçam para ver a nossa amada São Luís cada vez mais FELIZ.

Um comentário em “Ivaldo Rodrigues anuncia em artigo que está com “Dever cumprido””

  1. nsdesouza

    2 meses atrás  

    Feirinha fugaz e artificial para turista ver. O povo espera pela reforma de seu centenário Mercado Central, entregue aos ratos, esquecidos dos Administradores do Município e do Estado.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>