Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

GNL chega ao Maranhão para impulsionar indústrias e abastecer veículos

12 de fevereiro de 2020 : 18:03

Golar Power assina protocolo com a Gasmar, que vai viabilizar a distribuição do gás natural liquefeito no Estado. Ações para interiorização do GNL serão apresentadas durante o Fórum Maranhense de Distribuição de Gás Natural, no nesta quinta-feira, dia 13, em São Luís

Empenhada em levar o gás natural liquefeito (GNL) para o interior do Brasil, a Golar Power Latam assina protocolo de intenções com a Companhia Maranhense de Gás – Gasmar no próximo dia 13/02, em São Luís (MA), durante o Fórum Maranhense de Distribuição de Gás Natural.

O evento será realizado no Palácio Henrique de La Rocque, Av. Jerônimo de Albuquerque, Jardim Renascença, a partir das 9 horas, e vai contar com a presença do vice-governador do Estado, Carlos Brandão, do vice-presidente da Golar Power, Marcelo Rodrigues, do presidente da Gasmar, Deoclides Macedo, do presidente da EMAP/Porto de Itaqui, Ted Lago, e do secretário de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, além de executivos da empresa e representantes do governo.

Na ocasião, serão apresentadas as ações para a distribuição do GNL, incluindo estudo de viabilidade para uma Unidade Flutuante de Armazenamento e Regaseficação (FRSU) da Golar no Porto de Itaqui, e seu transporte por meio dos caminhões movidos a GNL, inéditos no Brasil. Os veículos fazem parte da estratégia de distribuição do GNL em pequena escala, elaborado em parceria com a empresa de logística Alliance GNLog, que terá um destes veículos em exposição durante o Fórum.

Líder mundial em GNL e sócia das Centrais Elétricas de Barcarena (Celba), no Pará, e da Companhia Termelétrica de Sergipe (Celse), em Sergipe, onde construiu seu primeiro terminal privado de regaseificação do Brasil, a Golar elegeu o Nordeste para iniciar seu projeto de distribuição do GNL em pequena escala a partir de 2020.

Segundo Marcelo Rodrigues, o Maranhão está entre os estados prioritários na estratégia da empresa para interiorização do GNL no Nordeste, onde a empresa estuda parcerias, tanto na logística, quanto no abastecimento de postos com GNV para carros e GNL para caminhões. “Enxergamos grande sinergia com as distribuidoras de gás para interiorizar o GNL em todo o Nordeste”, comentou.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>