Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Delegada que denunciou problemas na Segurança do Maranhão é removida de Imperatriz

Pode ser apenas mais uma coincidência de tantas que vem acontecendo no Maranhão, mas também abre para a possibilidade que seja mais um caso de perseguição por parte do governo Flávio Dino (PCdoB). A delegada Virginia Loiola Beserra que denunciou no dia 17 de outubro de 2017, problemas na Segurança Pública do Maranhão foi removida do posto que ocupava e transferida da cidade de Imperatriz para Açailândia.

“Vocês acreditam que, segundo a rádio peão, a Secretaria de Segurança Pública não pagou a conta da internet. E isso já tem mais de dois meses. Em decorrência disso, não estamos registrando ocorrências. Atualmente, para poder trabalhar, é preciso levar um computador decente para a Delegacia, além de ter que usar sua própria internet e pagar seu próprio estacionamento para não ser multado. Resumindo, estamos pagando para trabalhar. Eu fico me perguntando, qual é a seriedade que o Governador tem com a segurança pública?”, relatou a delegada Virginia Loiola em sua página pessoal no Facebook.

Após a denúncia da delegada, que chegou a repercutir na Assembleia Legislativa através do deputado estadual Sousa Neto (PROS), Virginia Loiola sofreu uma punição no último dia 6 de novembro como pode ser atestado no Diário Oficial do Estado do Maranhão.

Por ter denunciado os problemas da Secretaria da Segurança Pública do Maranhão, Virginia Loiola saiu da delegacia distrital de Imperatriz e agora vai para delegacia da Mulher em Açailândia.

Vale lembrar que em Imperatriz, o prefeito é Assis Ramos (PMDB) e em Açailândia, Juscelino Oliveira (PCdoB), ou seja, o governador Flávio Dino vai querer os comunistas monitorando de perto a delegada Virginia Loiola.