Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Após derrota, prefeito de Bacabeira, Alan Linhares, bota a leilão vários veículos da Prefeitura

19 de outubro de 2016 : 09:29

Um verdadeiro absurdo! É o que está sendo praticado pelo prefeito derrotado Alan Linhares (PCdoB) em Bacabeira. Simplesmente, três ambulâncias, um carro pipa, um trator, uma roçadeira, uma carrocinha e outros quatro veículos vão ser leiloados sem nenhuma explicação. O aviso de leilão foi publicado no Diário Oficial da FAMEM – Federação dos Municípios do Estado do Maranhão.

img_0563

De acordo com o edital publicado, os veículos vão ser vendidos por valores que variam entre R$2 mil e R$11 mil, o que está bem inferior ao valor praticado no mercado. Existe uma forte suspeita que Alan Linhares está tentando fazer caixa para sair com algum dinheiro da Prefeitura e também deixar a máquina administrativa sem estrutura, entregando no estilo “terra arrasada” para que a sua substituta, Fernanda Gonçalo (PMN), enfrente muitas dificuldades.

No edital publicado no Diário Oficial da FAMEM, não é informado quando será realizado o leilão para venda dos veículos, ou seja, levanta mais suspeita na tramitação dessa ação do prefeito Alan Linhares.

O Ministério Público deve ficar atento as manobras desse prefeito e de outros que foram derrotados, os quais podem estar praticando uma série de maldades para seus sucessores…

Um comentário em “Após derrota, prefeito de Bacabeira, Alan Linhares, bota a leilão vários veículos da Prefeitura”

  1. Fidel Arrependido

    5 anos atrás  

    O TCU não reconhece esse “Diário Eletrônico”. Tem prefeitos já condenados, inclusive com bens bloqueados. A propósito, vale destacar a sabedoria do povo. O prefeito derrotado, passava para o Maranhão, uma administração e uma Bacabeira, como exemplos de administração e desenvolvimento. Aí, vem o povo e dá uma lição: volte para o seu lugar!:

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>