Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

“Eu vou entrar para vencer”, diz Lobão Filho

9 de abril de 2014 : 11:00

O IMPARCIAL

O PMDB maranhense aguarda apenas a alta do senador Edson Lobão Filho (PMDB) para anunciar oficialmente a pré-candidatura dele ao governo do estado. De acordo com o senador João Alberto, presidente de honra do PMDB/MA, esse é único entrave ao anúncio oficial. Enquanto ele não está liberado para retomar suas atividades, Lobão Filho tem se articulado por contatos telefônicos e em contato com a nossa equipe, ele contou que caso venha ser escolhido não entrará para apenas participar, “eu vou para a guerra, eu vou entrar para vencer”, exaltou.

O presidente do PMDB disse que “o partido está aguardando apenas o senador Edson Lobão Filho sair do hospital, para que possamos anunciar de maneira oficial a sua candidatura, até mesmo porque ele precisa estar presente para tal ato”, declarou o Senador.

João Alberto afirmou ainda que não existe nenhum tipo de dúvidas quanto à legitimidade da candidatura de Lobão Filho . “Ele é o nosso pré-candidato. Isso não há o que discutir, já está escolhido, só falta o anúncio oficial que depende da presença dele”, afirmou.

No entanto Lobão Filho faz um alerta sobre essa situação. “Serei que candidato se meu grupo quiser, só existirá minha candidatura se existir consenso político, estou conversando intensamente com prefeitos, ex-prefeitos, deputados, ex-deputados, enfim com todos”, declarou.

O senador que se encontra recuperando de uma cirurgia de hérnia de hiato, ainda comentou que não entrará no jogo da oposição, que está buscando provoca-lo e menospreza-lo. “Esse outro campo que dizem fazer oposição, na verdade só fazem agressões”, completou.

Sobre a participação do seu pai na eleição, Lobão Filho resumiu: “ele é personagem fundamental”. Quanto a data do anúncio de sua candidatura, ele revelou que deve ficar para a próxima terça-feira (15) ou quarta-feira (16)

No último fim de semana, o ex-secretário de Infraestrutura, Luís Fernando (PMDB), anunciou oficialmente que deixaria a disputa eleitoral rumo ao governo do estado. Desde então diversas hipóteses foram especuladas a respeito de quem substituiria o ex-secretário na disputa.

Diante da desistência, o grupo político governista levantou o nome do senador Edson Lobão Filho como pré-candidato ao governo do estado. Ele já disputava internamente no PMDB uma vaga para disputar o senado federal.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>