Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Enquanto Maranhão tem o maior déficit habitacional do Maranhão, Hilton Gonçalo conseguiu reduzir em 80% defasagem

10 de março de 2014 : 16:00

Segundo dados divulgados pelo Ministério das Cidades, após realização de uma pesquisa para identificar o Déficit Habitacional Municipal no Brasil da Fundação João Pinheiro, foi apontado que no Maranhão existe o pior déficit habitacional relativo do país (27,3%) – aquele que compara o déficit habitacional ao total de domicílios do local analisado. Porém Hilton Gonçalo (PDT), revela que esta realidade não é a mesma do município de Santa Rita, uma vez conseguiu reduzir em mais de 80% o déficit habitacional.

Prefeito entre 2005 e 2012 de Santa Rita, Hilton conta que implantou desde o primeiro ano de governo o programa “Nossa Casa”, através da secretaria municipal de Habitação. Ao ser implantado, o programa que priorizava famílias que não dispõem de moradia, construiu cerca de 3.000 imóveis populares, a maioria em comunidades rurais e em bairros da periferia da cidade.

O “Nossa Casa” beneficiou cerca de 9 mil famílias, de baixa renda e que não tinham moradia digna. Ao terminar o seu mandato em 2012, o ex-prefeito de Santa Rita, informou que o programa atingiu a meta estipulada.

“Através da secretaria municipal de Habitação, trouxemos dignidade para a nossa população, ao chegar no governo estadual, criarei uma secretaria especifica para tratar do assunto no Maranhão, afinal hoje temos 451 mil pessoas sem moradias dignas”, comentou Hilton.

Vale ressaltar que programa social de habitação desenvolvido em Santa Rita foi pioneiro no Maranhão, uma vez que mais de 65% das casas foram construídas com recursos próprios do Município, muito antes do programa federal “Minha Casa, Minha Vida”, as demais tiveram parceria com a Caixa Econômica Federal, o Incra e o Banco Luso-Brasileiro. Hilton ainda diz que a situação de alguns povoados, foi o índice zero de déficit habitacional.

De acordo com Hilton Gonçalo, a sua meta foi construir o maior número de habitações (casas populares) possível no município. “O programa ‘Nossa Casa’ foi idealizado por causa da necessidade de habitações tanto na sede quanto em comunidades rurais”, explica.

O reconhecimento do programa “Nossa Casa” e do trabalho intenso da Secretaria de Habitação, o jornal O Estado do Maranhão em 29 de novembro de 2012, reconheceu que “Santa Rita se destaca atualmente como um dos municípios que elevou a qualidade de vida dos moradores com a construção de casas”.

Sobre a pesquisa divulgada pelo Ministério das Cidades, entre os dez municípios brasileiros com os maiores valores de déficit habitacional, seis são do Maranhão. Entre eles estão: São Benedito do Rio Preto – MA (73,9%); Anapurus – MA (69,3%); Marajá do Sena – MA (68,2%); Matões do Norte – MA (60,9%); Mirador – MA (60,3%) e Aldeias Altas – MA (58,2%).

Sabedor dessa realidade, Hilton Gonçalo completou: “Se em Santa Rita fizemos, no Maranhão podemos fazer muito mais, afinal existem recursos advindo do governo federal e em Santa Rita fiz apenas com o recursos próprios, a nossa população merece moradias dignas, vamos mudar a realidade do nosso estado”.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>