Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Secretário municipal de Saúde confirma que Diretor do Socorrão I mantém plantões fora de São Luís e diz ser conivente com a situação

9 de outubro de 2013 : 14:01

Parece que de fato ninguém está ligando para o que acontece no Socorrão I. O diretor do Hospital, o médico Érico Brito Cantanhede, que deveria ter todas suas atenções voltadas para resolver os problemas da principal unidade de saúde pública de emergência e urgência do estado, continua mantendo a realização de dois plantões por semana fora de São Luís e quem confirma a informação é o próprio secretário municipal de Saúde, César Felix.

César Felix é conivente com ausência de Érico no Socorrão I

“É do nosso conhecimento sim, que o Érico se ausenta as quinta-feiras e sexta-feiras para realizar plantões médicos em uma cidade do interior”, revela. Chega a ser estarrecedora a declaração do titular da pasta da Saúde, que mostra ser conivente com a situação de descaso que passa hoje o Hospital Municipal Djalma Marques.

Tentando justificar o ato do diretor Érico Brito Cantanhede, César ainda completa, “ele acaba compensando as horas trabalhadas, indo sábado a noite e aos domingos”. Porém pela pouca experiência do cargo ou pela falta de conhecimento, o secretário esquece que o Diretor do Socorrão está infringindo a legislação do Ministério da Saúde que diz: “É vedado aos diretores gerais e clínicos de hospitais público afastarem-se de suas atividades profissionais, mesmo temporariamente, sem justa causa ou justo impedimento”. E mesmo é fato que não se pode justificar o erro, deixando o hospital dessa importância sem um administrador durante dois dias da semana.


Ficha de Érico Cantanhede do CNES comprova que ele tem cinco vínculos empregatícios em hospitais públicos e privados

Porém outras irregularidades são cometidas pelo médico Érico Brito Cantanhede e são feitas vistas grossas a tais atos. Como diretor do Socorrão I, o diretor geral deve cumprir carga de horária 40 horas semanais, o que corresponderia 8h por dia de segunda a sexta, porém no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde, Érico ainda realiza atendimento em outras quatro unidades de saúde, entre elas o Hospital Geral de Peritoró, onde ele concede os plantões semanais relatados pelo secretário.
Além disso, Érico Brito Cantanhede é professor universitário do CEUMA no curso de medicina, no CNES diz que ele já tem uma carga horária de 78 horas a cumprir e no CEUMA a menor a ser estipulada para docentes é de 20 horas, dessa forma somam-se no minimo 98 horas ao diretor, surgindo dessa forma a seguinte pergunta: afinal que horas o diretor do Socorrão I trabalha lá?
Respostas que somente a prefeitura de São Luís pode responder, afinal o secretário César Félix, já disse ser conivente com toda essa situação e para ele, parece que vai indo tudo bem no Socorrão I.

Um comentário em “Secretário municipal de Saúde confirma que Diretor do Socorrão I mantém plantões fora de São Luís e diz ser conivente com a situação”

  1. Flávio Dino

    9 anos atrás  

    Esse é o retrato do governo de EDH: sem pulso, sem norte, sem rumo. Socorro, São Luís!

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>