Shows nacionais do Espaço Bumba meu São João vão ser pagos em sua totalidade por capital privado

Desde que o governador Carlos Brandão (PSB), anunciou no último sábado, 11 de maio, o inédito Espaço Bumba meu São João, que vai ser montado no Complexo Esportivo Canhoteiro (Castelão), e terá grandes apresentações nacionais, muito se discute: “quem pagará os shows?”. Ao contrário do que erroneamente ou maldosamente vem sendo divulgado, não é o Governo do Maranhão que pagará por 20 atrações, mas sim, a iniciativa privada através da Vybbe Produções, especialista em fazer grandes eventos em todo o país. A produtora tem o cantor Xand Avião como sócio.

Na programação, estão confirmados os shows de Xand Avião, Leonardo e Guilherme Dantas (13/06); Mari Fernandez, Calcinha Preta e MC Daniel (14/06); Zé Vaqueiro, Matheus & Kauan e Matheus Fernandes (15/06); Nattan, Dennis DJ, Jonas Esticado e Manim Vaqueiro (16/06); Luan Santana, Gustavo Mioto, Felipe Amorim e Toca do Vale (19/06) e Henrique & Juliano, Ávine e Zé Cantor (21/06), e todos eles não vão receber nada do Governo do Maranhão, mas sim da produtora cearense Vybbe Produções.

A mesma produtora realiza em diversas capitais nordestinas o mesmo evento, só que, leva o nome de Vybbe Nordestina e cobrando ingressos. Já no Maranhão, graças o Governo do Estado que apoia o evento através da autorização do Projeto de Lei de Incentivo a Cultura, assim como garantindo o espaço, a segurança e a limpeza.

A viabilização de um evento como esse, traz muito mais dividendos ao Maranhão do que simplesmente “abrir mão de impostos”, como alguns tem classificado.

No local dos shows, o Complexo Esportivo Canhoteiro vive marginalizado, subaproveitado e com o grande evento, dará oportunidade para quem vive na região poder ter momentos de lazer e entretenimento, assim como gerar renda por conta dos comércios que funcionam na região e os informais. Ainda no Espaço Bumba meu São João que terá camarotes privados, estes vão gerar empregos temporários para centenas pessoas que vão trabalhar no atendimento e na segurança ao longo de sete dias de programação.

Ser contrário ao grande evento que vai ocorrer em São Luís é torcer contra o desenvolvimento do nosso estado. Claro que o Governo do Maranhão precisaria ter divulgado com mais antecedência para atrair mais turistas, mas com uma programação 100% divulgada um mês antes dos shows, já mostra uma evolução em comparação ao Carnaval desse ano.

E claro, os espaços tradicionais da nossa Cultura vão ser mantidos e quem reclama que eles não tem a mesma divulgação, deve ir prestigiar, para que cenas como vistas no Carnaval não se repitam, onde os grupos folclóricos da cidade tinham apenas algumas pessoas assistindo e aplaudindo.

5 thoughts on “Shows nacionais do Espaço Bumba meu São João vão ser pagos em sua totalidade por capital privado

  1. E as atrações locais?
    Onde está o bom e velho forro pé de serra,nosso bumba meu boi, nossas brincadeiras verdadeira mente juninas. Infelizmente só tão dando valor as grandes bandas que se diz forrozeiro que só toca e canta baboseiras. Esse e o nosso são João.
    Eu nem saio de casa pra ouvir essa porcarias.

    1. Esse São João privado, poderia ocorrer também, em Barreirinhas no mês de julho, a cidade que já recebe muita gente nesse período, certamente, iria triplicar …

    2. Esquecem dos artistas maranhense e pagam fortuna, trazendo pessoas de fora, as vezes não tem nada haver com o evento da época.

  2. Não importa se o capital é privado, esse dinheiro poderia ser usado pra outras coisas, o Estado abandonado e o povo elegeu um festeiro pra desgovernar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *