Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Conheça 12 Parques Ambientais para visitar no estado durante as férias

13 de janeiro de 2023 : 08:30

Janeiro é um período de férias para muita gente e, nada melhor do que aproveitar os locais de lazer que a cidade oferece de forma gratuita. Entre essas opções estão os parques ambientais, espaços ideais para quem aprecia o contato com a natureza e busca convívio social.

Com 12 parques construídos e geridos pelo Governo do Estado, o Maranhão concentra 4 equipamentos ambientais gratuitos em São Luís e 8 em municípios do interior. Os locais são alternativa certa para as pessoas que gostam de praticar esportes, fazer piquenique, caminhadas ou simplesmente aproveitar a natureza.

São Luís, por exemplo, tem o Parque Estadual do Sítio do Rangedor. Gerido pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), o espaço tem atraído muitas pessoas devido à estrutura e beleza do local.

A cidade de São Luís tem ainda o Parque Estadual do Bacanga, outra boa opção de lazer. Localizado na Bacia do Bacanga, uma das mais importantes de todo o Maranhão, o Parque é área de visitação e, até mesmo, de estudo devido à biodiversidade da fauna e flora locais. O local abriga o Sítio do Físico, área arqueológica que ainda preserva estruturas do século XVIII.

A secretária de Estado de Meio Ambiente, Raysa Maciel, afirma que os parques ambientais são aliados na oferta de uma melhor qualidade de vida para a população, além de ser uma boa opção para aproveitar os momentos livres, como os feriados.

“Esses espaços são ótimos para quem quer curtir programas com a família e amigos ao ar livre em meio a paisagens admiráveis e com uma rica biodiversidade. Eles reúnem equipamentos como academia ao ar livre, pistas de caminhada, ciclovias, áreas de skate e playground. Tudo isso impacta positivamente na vida de quem procura sair da rotina”, destacou a secretária.

O Parque São João Paulo II foi entregue pelo Governo do Maranhão, no Aterro do Bacanga, em São Luís. O complexo oferece lazer, convivência e é mais um ponto turístico da capital. Possui vários atrativos como praças, jardins, playground, estacionamento, local para feiras e eventos.

A Área de Proteção Ambiental (APA) do Itapiracó, em São Luís, passou por revitalização. Com investimento de R$ 14 milhões, ganhou três praças – Praça do Atleta, Praça da Criança e Praça da Família –, campos de futebol, quadra poliesportiva coberta, parquinho infantil, skate, áreas para futebol de areia e futevôlei.

Circundam a reserva outras 13 praças de menor porte que levam para trilhas ecológicas e pista de cooper, somando mais de 10 km de áreas para caminhada. A APA conta, ainda, com calçadão, três estacionamentos com capacidade para 250 veículos e segurança 24 horas, com a instalação de um Batalhão da Polícia Ambiental.

Parques nos municípios

Nos municípios do interior do estado os parques ambientais também são opção de lazer. Localizado em uma área de 8 mil metros quadrados, o Parque de Caxias oferece uma estrutura completa de esporte e lazer para a comunidade. O investimento de R$ 7 milhões viabilizou a execução de academia ao ar livre, pista de caminhada, playground, fonte luminosa, quadra poliesportiva e ampla área verde.

O Governo do Maranhão também inaugurou o Parque Ambiental de Anapurus. Com investimento de R$ 3,5 milhões, a obra foi executada pela Secretaria de Estado de Governo (Segov). Construído em uma área de 8.186,58 m², o Parque de Anapurus contempla, além dos atrativos naturais, espaços de convivência como quadras poliesportivas, deck e passarela de madeira com acesso às trilhas do parque, espelhos d’água, academia ao ar livre, quiosques, paisagismo e outros serviços.

No município de João Lisboa, a gestão estadual entregou o Parque Sálvio Dino, que conta com quadra poliesportiva, campo de futebol, areninha, playgroud. E o nome, escolhido pela comunidade, é uma homenagem ao escritor e ex-prefeito de João Lisboa, Sálvio Dino, pai do senador Flávio Dino.

Entregue em setembro de 2020, o Parque Ambiental do Sucupira, na cidade de Timon, possui uma área de 70 mil metros quadrados. O parque conta com academia ao ar livre, quadras, pista de skate, campo de futebol society, áreas de ciclismo e caminhada, parque infantil inclusivo, calçadão, bancos, iluminação de LED, estacionamento, esplanada, Praça do Sol, talude e área sombreada.

O Parque Ambiental de Bacabeira foi inaugurado em dezembro de 2018. Espaço de lazer, preservação e contato com a natureza, o parque conta com playground, academia ao ar livre, pista de caminhada e ciclovia, quadra poliesportiva, quadra de areia e uma importante vegetação nativa.

Desde 2017, os moradores de Imperatriz têm um novo cartão-postal para curtir, descansar e se agitar. É a Nova Beira Rio, revitalizada e consolidada como ponto obrigatório. Há espaços de contemplação, praças, jardins, a Praça do Sol, espaço de lazer infantil e uma passarela na lagoa, dentre outras atrações.

O Parque Ambiental de Codó é uma Unidade de Conservação de Uso Sustentável. Com investimento de R$ 7,8 milhões, possui uma área de 72.247 metros quadrados e conta com pista de atletismo, pista de caminhada, quadras poliesportivas, quadra de areia, pista de ciclismo, espaço para crianças com playground, e academia ao ar livre para todas as idades.

A área do Parque Centenário de Balsas corresponde a 6,65 hectares, às margens da rodovia Transamazônica. O espaço contempla quadras poliesportivas, playground, academia ao ar livre, pista de caminhada, ciclovia e área para skate, além de áreas sombreadas com espécies nativas da região, de modo a garantir a preservação da fauna e da flora na região. O valor aplicado foi de R$ 5,2 milhões.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>