Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Nepotismo? Filha do prefeito de Caxias, Amanda Gentil, exerce função de secretária de Governo

28 de outubro de 2021 : 12:34

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, nomeou para a função mais importante do seu secretariado, a sua filha, Amanda Gentil. Ela é pré-candidata a deputada federal e atualmente a ocupa a função de secretária de Governo, uma espécie de chefe da Casa Civil na proporção municipal.

O STF já decidiu que A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal.”.

Porém, Fábio Gentil aproveita de uma brecha para nomear a sua filha. O próprio STF entende que cargos políticos como o caso de Amanda Gentil, eles podem ser ocupados por parentes, mas é preciso ficar constatado que o parente possui alguma qualificação para exercer o cargo de forma eficiente.

Amanda Gentil tem 22 anos e é formada em engenharia civil, que aparentemente não a credencia para ocupar o cargo, que tem mais uma função administrativa. Talvez se fosse na Secretaria de Obras ou Infraestrutura, estaria mais apropriada a nomeação da pré-candidata a deputada federal.

Vale lembrar que em 2018, Fábio Gentil que já era prefeito conseguiu eleger seu pai Zé Gentil ao cargo de deputado estadual, sendo um dos cinco mais bem votados no estado com mais de 60 mil votos. Para 2022, Amanda Gentil é uma das favoritas para o cargo de deputada federal.

Um comentário em “Nepotismo? Filha do prefeito de Caxias, Amanda Gentil, exerce função de secretária de Governo”

  1. 1 mês atrás  

    Não é ilegal, mas não deixa de ser imoral. Em Codó existe o tal de “Nepotismo Cruzado”.
    Vereador aloca parente de secretário no gabinete, esse por sua vez aloca amigo do Prefeito na secretaria, e por aí vai…

    * Clique em Diário Codoense e obtenha notícias de Codó.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>