Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Influencer presa em Teresina por conta de assalto, pode ser investigada por candidatura laranja a vereadora em São Luís

16 de fevereiro de 2021 : 09:54

A vida da influencer digital Roani Campos pode se complicar mais ainda, caso o Ministério Público Eleitoral decida investigar se a sua candidatura a vereadora em São Luís, foi apenas de faz-de-conta, a famosa candidatura laranja para atingir os 30% de participação feminina na disputa proporcional.

Roani Campos concorreu pelo PP a uma vaga de vereadora de São Luís, mas só teve 7 votos e ainda recebeu R$3234 de fundo partidário dos Progressistas.

Curiosamente dos 15 menos votados no PP, 13 são mulheres e pelo menos seis não tiveram nem 20 votos, dentre elas a Roani Campos.

Outro detalhe importante, Roani não fez nenhuma postagem nas suas redes sociais da sua candidatura a vereadora, o que pode chamar mais atenção quanto a possibilidade de uma candidatura laranja.

E não só dela como de outras mulheres.

A influencer está presa desde o último sábado (13), após se envolver com o namorado em um assalto a uma casa na cidade de Teresina.

Um comentário em “Influencer presa em Teresina por conta de assalto, pode ser investigada por candidatura laranja a vereadora em São Luís”

  1. Domingos Santos

    2 semanas atrás  

    Paresse D+ com a Marina Ruy Barbosa.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>