Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Presidente do PT e coordenadora da campanha de Dilma no MA desautorizam criação de comitê pró-Flavio Dino

24 de julho de 2014 : 11:43

Blog do Robert Lobato

“Comitê clandestino”, “comitê da crise”, “comitê da dinopetista”, seja lá qual apelido tenha, a estrutura de campanha, localizada na Avenida Beira-Mar e inaugurada ontem por filiados do PT apoiadores da candidatura Flávio Dino (PCdoB) a governador, foi publicamente desautorizada pelo presidente estadual do PT e pala coordenadora da campanha de Dilma no Maranhão, Brenice Silva.

Monteiro, que além de presidente do PT é candidato a primeiro suplente de senador na chapa de Gastão Vieira (PMDB), não poupou críticas ao que considerou o ato dos dissidentes como “incoerente e oportunista”.

“Nós, que fazemos o PT no Maranhão, achamos uma postura no mínimo incoerente do Flávio Dino. Ele foi membro do governo [na condição de presidente da Embratur], usufruiu do PT, mas fechou aliança com o PSDB, admite que não fará campanha para Dilma e ainda tenta utilizar a imagem do PT em seu palanque. Ele se diz o candidato mais avançado no Maranhão. No entanto, se liga justamente ao grupo mais atrasado do Brasil, hoje comandado pelo PSDB. Ele, por exemplo, considera o grupo Sarney um atraso, mas sabe que é o que está com a presidente Dilma, por meio do qual ocorre, inegavelmente o maior desenvolvimento do Brasil. Ou seja, Flávio Dino não consegue sustentar o seu discurso e apenas se contradiz a cada momento. É difícil entende-lo”, disse o petista.

Já a coordenadora Berenice Silva, lembrou que o PT está coligado é com o PMDB por coerência política pelo fato dos peemedebistas terem se mantido no projeto de reeleição da Dilma. Para a petista, o palanque da presidenta é onde o partido está coligado formalmente enquanto projeto político e não onde está alinhado apenas por interesses de correntes internas do PT. Berenice criticou ainda a tal “neutralidade” de Flávio Dino em relação à eleição presidencial ao mesmo tempo que tenta tirar proveito da imagem e da popularidade da presidenta.

“O PT está coligado é com o PMDB no plano nacional e local, logo o palanque da Dilma no Maranhão é do candidato Lobão Filho. Vários companheiros que participaram da inauguração desse comitê pró-Flávio Dino contam com o meu respeito, mas aliança política se faz é entre partidos em cima de projeto de sociedade e não em torno de interesses de correntes internas. Sem falar que querem dar espaço para um candidato que já declarou que estará neutro na eleição de presidente, ou seja, nem na nossa candidata ele votará”, desabafou.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>