Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Lobão, Sarney e Roseana engajados na campanha de Lobão Filho

26 de julho de 2014 : 10:17

O Imparcial

A presença de grandes figuras de destaque nacional na campanha do candidato Lobão Filho (PMDB) irão existir de uma forma mais ponderada. Em entrevista à reportagem do jornal O Imparcial, o candidato lembrou que contará com o apoio maciço do pai, do senador José Sarney (PMDB) e da governadora Roseana Sarney (PMDB) na campanha, mas ressaltou que será de uma forma diferente.

Em relação à presença do pai, o Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB), Lobão Filho afirmou que ele terá grande participação. “Estamos idealizando uma participação especial de meu pai. A ideia é que façamos palanques duplos, principalmente em desdobramento com o candidato a vice-governador, o deputado Arnaldo Melo, e também o senador João Alberto, que está ajudando bastante”, disse.

O candidato do PMDB lembrou da agenda de trabalho do Ministro e disse que isso dificultará a permanência efetiva dele no Maranhão durante a campanha. “O Ministro Edison Lobão tem uma agenda de compromissos a serem cumpridos, responsabilidades do cargo que ocupa. Ele acima de tudo faz parte da inteligência da campanha”, ressaltou.


José Sarney
Sobre a proximidade com o senador José Sarney e a presença dele na campanha de governador no Maranhão, Lobão Filho pontuou a saída do ex-presidente do cenário político. “Se tornou público o afastamento do presidente Sarney da vida pública”, afirmou.

Apesar do afastamento, o candidato do PMDB garantiu que José Sarney tem dado grande contribuição. “Ele tem nos passado constantemente sua experiência de vida, tem feito pronunciamentos favoráveis à nossa candidatura”, disse.


Governadora
De acordo com Lobão Filho, a governadora tem participado ativamente da campanha. “No sentido da campanha, Roseana tem nos ajudado, chamando suas lideranças e prefeitos para conversarem conosco”, destacou.

O candidato disse ainda que não contará com interferências externas em sua gestão, caso eleito, mas reconheceu que as experiências anteriores são fundamentais para a garantia de um bom governo. “Não vou admitir interferências no meu governo, mas a experiência dos nossos antecessores, como a governadora Roseana e o presidente Sarney é indispensável a qualquer governador”, defendeu.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>