Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Reviravolta no PSD: Cláudio Trinchão pode ser obrigado a abandonar Lobão Filho para apoiar Flávio Dino

18 de maio de 2014 : 16:32

Blog do Aquiles Emir

Complicou para o ex-secretario estadual de Fazenda Cláudio Trinchão. O seu partido, o PSD, que havia acertado com o PT de Dilma Rousseff, estaria mudando de lado com a reaproximação do presidente nacional da legenda, o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, do PSDB, que tem como pré-candidato a presidente da República o senador mineiro Aécio Neves. Na articulação, Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central de Lula, deve ser o vice do tucano. Com esta mudança de rumo, em vez de apoiar a candidatura de Lobão Filho (PMDB) ao governo do Maranhão, Trinchão e sua turma podem ser obrigados a apoiar Flávio Dino (PCdoB), que já acertou com o PSDB.

Estreante na política, Trinchão, que fazia parte da equipe da governadora Roseana Sarney, pretende concorrer a deputado federal e esta seria a maior aposta do PSD no Maranhão, como deixou bem claro Kassab em sua visita ao estado no mês de março.

Segundo a coluna Painel, da Folha de São Paulo, “a possibilidade de o PSD romper o acordo para apoiar Dilma Rousseff e se aliar aos tucanos nas disputas nacional e paulista levou o Planalto a marcar conversa de Kassab com a presidente nesta semana. Lula também entrou no circuito. Na sexta-feira, Aécio e Meirelles tomaram um café amistoso durante compromisso do tucano na Amcham, a câmara de comércio Brasil-EUA, em São Paulo. Um dos entusiastas da opção do ex-presidente do BC como companheiro de chapa do mineiro é o presidente da Força Sindical e do SDD, Paulinho da Força (SP).

Um comentário em “Reviravolta no PSD: Cláudio Trinchão pode ser obrigado a abandonar Lobão Filho para apoiar Flávio Dino”

  1. Anonymous

    8 anos atrás  

    Viajem torta essa.
    Sendo assim o DEM também vai.
    Ora, pílulas…

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>