Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Twitter liberado nas eleições de 2014

13 de setembro de 2013 : 23:56

Decisão tomada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluiu que manifestações de candidatos pelo microblog Twitter não é propaganda eleitoral antecipada. Segundo o ministro José Antonio Dias Tóffoli, relator do processo, na rede social a conversa é restrita aos seus usuários. “É uma comunicação restrita, fechada e que não implica no meio de comunicação que é amplamente acessível. O destinatário só recebe se quiser.” A decisão foi tomada em torno de um processo do então candidato a prefeito de Natal, o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), multado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por postar mensagens em sua conta nas eleições passadas. Dos sete ministros, dois votaram pela manutenção do Twitter como meio de propaganda antecipada.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>