Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Simplício Araújo diz que se oposição caminhar unida em 2014 elege até 10 deputados federais

23 de agosto de 2013 : 19:55
O deputado federal Simplício Araújo (PPS) é o principal articulador da união dos partidos oposicionistas na formação de uma coligação única para disputa de deputado federal. O parlamentar acredita que esta seja a melhor opção para que todos os candidatos destas legendas consigam ter mais chances de eleger representantes e fazer com que este campo político tenha a maior bancada federal do Maranhão. Simplício vem conversando com todos, esta semana ele esteve Waldir Maranhão (PP) e com Carlos Brandão (PSDB) para tratar do assunto. A ideia é convencer todos os parlamentares da vantagem de fazer a grande coalisão.

Simplício vem discutindo com todas as frentes, ele quer oposição unida
O plano, além de conseguir a aliança na disputa proporcional, é unir todo os partidos da oposição em torno da candidatura de Flávio Dino (PCdoB). A proposta apresentada é que os partidos de oposição podem formar pela primeira vez um chapão para a eleição de deputados federais. A chapa uniria os partidos aliados na prefeitura de São Luís: PCdoB, PDT, PSB e PTC; e pode incluir ainda os partidos que tem caminhado por outras alternativas como: PSDB, PPS, PP, PRTB e PR em uma única chapa. Caso isso ocorra, pode fazer com que a oposição eleja entre nove a dez parlamentares federais, segundo Simplício Araújo.
O parlamentar afirmou que a formação do chapão seria bom até mesmo para a deputada estadual Eliziane Gama (PPS) entrar na disputa para a Câmara Federal. “A terceira via no molde como quer a deputada Eliziane Gama (PPS) só consegue eleger três nomes. Ela mesma se fosse candidata à deputada federal não se elegeria em uma coalisão PSDB-PPS-PP”. Pelo estudo de futurologia do deputado, esta composição elegeria João Castelo (PSDB) como mais votado, ex-prefeito de Açailândia, Ildemar Gonçalves (PSDB) e Waldir Maranhão (PP) ou até mesmo o ex-prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo (que deve ir para um destes partidos).

O argumento de Simplício é que este chapão viabilizaria a eleição da maioria, por agregar mais votos de outros candidatos, aumentando quociente e o voto de legenda por conta da candidatura de Flávio Dino. “O que eu tenho colocado aos deputados é o quanto seria favorável para todos estarem na fusão. Eu os pergunto: quer concorrer a duas ou três vagas na chapa do Flávio Dino? Concorrer a três na terceira via? Ou concorrer de nove a dez no chapão? Os candidatos regionais acrescentam muito, além dos votos de legenda pela candidatura forte do Flávio. Só os votos de legenda elegem um deputado”, pontuou.

*Com informações de Clodoaldo Corrêa

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>