Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Iracema Vale tenta se viabilizar para presidência da Assembleia Legislativa, mas sofre com rejeição

1 de dezembro de 2022 : 05:05

A deputada estadual mais bem votada do Maranhão da história, Iracema Vale (PSB), está determinada em concorrer à presidência da Assembleia Legislativa. Incentivada por alguns membros do Governo Estadual, a ex-prefeita de Urbano Santos vem trabalhando silenciosamente para alcançar seu objetivo. Porém nos bastidores, ela já encontra forte resistência. Alguns grupos, já decidiram que não acompanham a parlamentar eleita.

Uma das principais resistências está relacionada aos deputados estaduais do grupo do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), que não aceita uma possível candidatura à presidência da Assembleia Legislativa da principal aliada do deputado federal Aluísio Mendes (PSC), desafeto número 1 do Moral da BR.

Outro parlamentar que não demonstra muito interesse em votar em Iracema Vale é o atual vereador Osmar Filho, eleito deputado estadual pelo PDT, ele já manifestou nos bastidores que não apoia o nome da ex-prefeita.

Nos bastidores da Assembleia Legislativa, outros parlamentares também não concordam com o nome de Iracema Vale, que é uma das políticas mais fortes do estado, mas que também está vulnerável neste momento, uma vez que seu marido, o prefeito de Belágua, Herlon Costa, está na lista dos prefeitos que estão sendo investigados pelo Ministério Público Federal por conta das emendas parlamentares destinadas por meio do orçamento secreto.

No Governo do Maranhão há quem diga, que Iracema Vale possui mesmo dificuldades para garantir uma possível eleição, mas se ela conseguir se viabilizar, a articulação política estadual cuida do resto.

Vale lembrar que uma provável vitória de Iracema Vale para a presidência da Assembleia Legislativa, colocaria o deputado federal Aluísio Mendes (PSC), na base governista estadual na Câmara Federal.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>