Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

HU-UFMA recebe novos equipamentos da sede Ebserh por meio do MEC

23 de novembro de 2018 : 08:19

Na última terça-feira, 20, o Hospital Universitário da UFMA (HU-UFMA), recebeu da sede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), por meio do Ministério da Educação (MEC), um investimento expressivo de equipamentos. O auxílio fez uso de uma das principais vantagens como rede Ebserh, ao iniciar um processo de compra centralizada de diversos tipos de equipamentos destinados a 29 hospitais universitários federais.

Segundo o presidente da Rede Ebserh, Kleber Morais, a aquisição de forma centralizada irá gerar a economia de cerca de R$ 15 milhões pelo ganho em escala. “A modernização do parque tecnológico dos hospitais irá refletir na formação dos profissionais de saúde, uma vez que se tratam de hospitais-escola, e na melhoria da qualidade do atendimento à saúde da população, além da economia já prevista”, esclareceu.

Ao todo, serão adquiridos oito tomógrafos digitais (para exames de imagem), 11 angiógrafos (usados para exames em veias e artérias), além de outros equipamentos como aparelhos de anestesia para ambiente de ressonância magnética, ventiladores pulmonares (utilizados em pacientes que necessitam de respiração mecânica) e monitores multiparâmetros (usados para monitorar sinais vitais). O HU-UFMA foi agraciado com um montante de R$4.991.211,40, correspondente a Atenção à Saúde nos serviços ambulatoriais e hospitalares prestados pelos Hospitais Universitários.

A licitação foi elaborada após a Ebserh mapear as principais necessidades dos hospitais, tendo como base pedidos anteriores já realizados pelas unidades de saúde para a aquisição de novos equipamentos. Os recursos para essa compra somam R$ 78,8 milhões e foram disponibilizados pelo Ministério da Saúde (MS) por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), gerido pela Ebserh. A portaria do MS com os valores e a lista de hospitais beneficiados foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 20.

A superintendente do HU-UFMA, Joyce Santos Lages, esclareceu os benefícios do investimento para o hospital, relacionando o capital físico e humano. “Os pacientes e profissionais da saúde merecem contar com uma estrutura que os atenda da melhor maneira possível. Isso reflete diretamente no quadro do paciente e, no crescimento dos profissionais que terão mais condições de prestar auxílio durante o processo de adoecimento/recuperação de saúde”, frisa.

Início das atividades

Os equipamentos menores (aparelhos de anestesia, ventiladores pulmonares e monitores multiparâmetros) já estão sendo distribuídos de acordo com a solicitação dos hospitais. Já os equipamentos de grande porte (tomógrafos e angiógrafos) necessitam de adaptações nas estruturas físicas dos hospitais, com previsão de início da programação para as obras ainda em 2018 e as primeiras unidades previstas para pleno funcionamento no primeiro semestre de 2019. O processo de compra também contou com a atuação dos profissionais da rede na elaboração dos descritivos técnicos dos equipamentos.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>