Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Márcio Jerry e Robson Paz realizam agenda clandestina em Bequimão e irrita governistas

Sem nenhum compromisso com o coletivo e demonstrando apenas os interesses privados-eleitorais, o secretário de Articulação Política e Comunicação, Márcio Jerry (PCdoB) e o diretor da Rádio Timbira, Robson Paz (PCdoB), desenvolveram uma agenda clandestina na cidade de Bequimão. Na última segunda-feira (4), a dupla desenvolveu uma atividade que envolve o inicio das obras do Dique de Produção no município, mas esta ação é da Secretaria de Desenvolvimento Social e da Casa Civil, ou seja, deixaram de fora Neto Evangelista (PSDB) e Marcelo Tavares (PSB), além do prefeito e vereadores da cidade.

Para se ter ideia, a agenda desenvolvida em Bequimão foi praticamente uma demonstração que servia apenas a família de Robson Paz que é natural da cidade. Na foto postada pelos próprios, demonstra que era uma agenda familiar, pois no registro estão o tio e o irmão do diretor da Rádio Timbira AM.

Diante da audácia e dos exageros praticados pelos comunistas, os vereadores e até o vice-prefeito Magal (PT), vão emitir uma moção de repúdio a dupla comunista, assim como aos vereadores Fredson (PCdoB) e Raquel (PSDB), os ex-vereadores Pongó (PSB) e Elanderson (irmão de Robson Paz), por ter desenvolvido essa atividade irresponsável e sem nenhuma participação popular.

Márcio Jerry não se importou com Neto Evangelista e Marcelo Tavares, pois acreditou que caso fosse feito com os demais membros do Governo, ele ficaria em segundo plano e a população não lhe daria tanta importância. Acontece que as lideranças locais acreditam que Robson Paz não irá conseguir nem transferir 300 votos para o Secretário de Comunicação na disputa de deputado federal.

Mais uma vez fica provado que o atual Governo do Maranhão é de todos, mas de todos os comunistas…