Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Caso Alanna Ludmila: Vereador Marquinhos defende castração química para estuprador

O vereador Marquinhos (DEM), usou a tribuna do plenário Simão Estácio da Silveira nesta segunda-feira (6), e fez um discurso emocionante, que sensibilizou todos que estavam presentes na Câmara Municipal. Na oportunidade, o parlamentar pediu penas mais duras para crimes de abusos sexuais e defendeu uma reforma do Código Penal. O membro do legislativo sugeriu a castração química para quem comete esse tipo de delito.

Marquinhos lembrou que a competência de mudanças nas leis dependem do Congresso Nacional, porém se depender dele, todos os dias serão feitas cobranças na Câmara Municipal de São Luís, para que os deputados federais sejam sensibilizados da necessidade de mudar o Código Penal.

“Não adianta um monstro desse ser preso e daqui há cinco anos ser solto com o indulto do dia das crianças e voltar a cometer uma atrocidade desta”, disse o vereador. Enfatizando que a castração química seria uma medida definitiva para impedir novos abusos.

Marquinhos lembrou que o Código Penal brasileiro é da década de 1940, possuindo falhas, assim como está muito defasado. Ele acredita que com as brechas oferecidas pela regulamentação jurídica, meninas e meninos infelizmente continuarão sendo vítimas de psicopatas soltos na sociedade.

“Um crime bárbaro como foi este, era para um monstro deste sofrer essa penalidade, o congresso nacional tem que regulamentar o Código Penal vigente, para servir de exemplo”, finalizou.