Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Humberto Coutinho diz que não vai assumir governo em caso de viagem de Flávio Dino

13 de julho de 2016 : 15:45

humbertocoutinho4O presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT), já anunciou que não vai assumir o governo do estado em caso de viagem de Flávio Dino (PCdoB). O pedetista tomou a decisão para não atrapalhar o seu irmão, Ferdinando Coutinho (PSB), que é pré-candidato a prefeito na cidade de Matões. De acordo com o entendimento do TSE, parente em até segundo grau de chefe do Poder Executivo, que já não esteja exercendo mandato, não pode se candidatar a qualquer cargo eletivo.

Caso o governador do Maranhão mantenha a decisão de viajar, um caso inusitado por ocorrer semelhante ao que aconteceu em 2012, quando Roseana Sarney (PMDB) se afastou do cargo e de forma sucessiva o vice-governador Washington Luiz, o presidente da Assembleia Legislativa Arnaldo Melo (PMDB) e o presidente do TJMA, Guerreiro Júnior, fizeram o mesmo para não prejudicar seus parentes.

Com uma eventual saída de Flávio Dino durante a viagem do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), a China, Humberto não assumiria, o presidente do TJMA provavelmente também não assumiria, pois prejudicaria seu irmão, o prefeito de Tuntum, Cleomar Tema; logo em seguida, o primeiro vice-presidente da Assembleia, Othelino Neto (PCdoB), também não assumiria, pois sua esposa pode ser candidata a vice-prefeita ou até mesmo prefeita em Pinheiro.

Flávio Dino deve acabar optando por adiar essa viagem…

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>