Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Rose Sales lança nota explicando sua saída do PCdoB. Vereadora diz que exerce mandato sem amarras

24 de abril de 2015 : 14:42
NOTA DE ESCLARECIMENTO
AO POVO DE SÃO LUÍS, AOS MARANHENSES, AOS MILITANTES DO PCdoB, AOS ELEITORES E APOIADORES DE ROSE SALES.
Em respeito a todos vocês e à história  política que tenho construído em nosso Estado, esclareço que:
– O PCdoB é um partido que tem a minha aprovação, considerando que em seus 93 (noventa e três) anos tem um compromisso real com o povo brasileiro e maranhense, com a democracia e a soberania popular, construindo um projeto político socialista, a fim de consolidar a igualdade e a justiça social, de modo consistente e progressivo;
– A minha filiação ao PCdoB em 2007, se deu por convicção à sua ideologia e à sua história em prol do povo e dos trabalhadores. Por uma questão de identidade, me filiei ao Partido e fui calorosamente bem recebida, oportunidade em que agradeço aos dirigentes, aos militantes, àqueles que nutriram respeito à minha forma de fazer política em São Luís, de estar fazendo a luta social com os menos favorecidos e em favor deles, de assumir a luta dos/as trabalhadores/as, realizando enfrentamento responsável às gestões municipais com base na garantia de direitos do nosso povo;
– Ao longo desse tempo sinto-me acrescida pela força da história e pelo ensinamento do Partido, como de igual modo, sei que somei para credibilidade e aprovação popular cada vez mais intensa por parte do povo de São Luís e do Maranhão ao PCdoB; e, fui eleita Vereadora de São Luís, em 2008, a primeira mulher comunista a assumir a vereança na capital, com 2.118 (dois mil, cento e dezoito) votos, a única mulher naquela Legislatura, composta por 20 (vinte) homens e ao lado dos movimentos sociais, do povo e dos trabalhadores comprovamos que lugar de mulher é também na política, ocupando os espaços de poder; e, no pleito eleitoral de 2012, por reconhecimento popular, por exercer um mandato livre, sem amarras, íntegro e de permanente trabalho, fui reeleita com 7.977 (sete mil, novecentos e setenta e sete) votos, contribuindo decisivamente para eleição à Câmara de Vereadores de mais um membro do PCdoB;
– No meu mandato, diferenciadamente, consegui revelar o viés de governar, que tinha a gestão anterior, combati de forma incessante, sem tréguas, os abusos e descasos para com o povo de São Luís, construindo caminhos para a alternância natural do Executivo Municipal, que ora governa;
– Reeleita, tenho mantido a mesma coerência de quem sabe por quem fui chamada e por quem fui eleita, defendendo com a mesma intensidade a população de São Luís, cumprindo o meu dever fiscalizador, de mediadora do interesse popular, cobrando e propondo as ações e as políticas públicas devidas por parte do Executivo Municipal;
– Em 2014 tive a rica experiência de disputar o cargo de Deputada Federal, visando contribuir muito mais com o povo de São Luís e do Maranhão, e obtive uma grande vitória política, mesmo sem recursos e grandes apoios, onde a população de São Luís me concedeu mais de 25.000 (vinte e cinco mil) votos, e a Ilha, mais de 28.000(vinte e oito mil) votos, num total de cerca de 34.000 (trinta e quatro mil) votos – uma grande resposta da aprovação popular;
– Apesar de haver afinidade político-programática entre Rose Sales e o PCdoB, em razão de uma questão pontual em relação à política de São Luís, o PCdoB e a Vereadora tem olhares diferentes quanto à gestão municipal;
– Em razão disso, do olhar diferente, o PCdoB marcha numa linha de apoio e de sustentação ao atual governo municipal, enquanto a Vereadora Rose Sales entende que o caminho deva ser outro. Desse modo, HÁ UM ENTENDIMENTO MADURO E AMIGÁVEL DE QUE CADA UM PERCORRA O SEU CAMINHO;
– Independente dessa separação partidária, a relação entre Rose Sales e o PCdoB se manterá respeitosa e de proximidade, considerando a minha aprovação e o meu apoio ao governador Flávio Dino e ao modelo de governar o Maranhão, onde se implanta uma gestão de resgate de direitos e de justiça social em favor dos maranhenses;
– Tranquilizo os ludovicenses e os maranhenses de que na sigla que escolher para militar, continuarei com o mesmo compromisso político e a mesma intensidade de conduta na construção de um mandato combativo ao lado dos movimentos sociais, do povo e dos trabalhadores, enfim, fazendo política com autonomia e por convicção.
Respeitosamente,
Rose Sales
Vereadora de São Luís

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>