Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Aécio Neves diz Bolsa Família está garantido em seu governo

24 de outubro de 2014 : 09:30
O Imparcial

Diante da onda de boatos que tomou conta da campanha eleitoral à Presidência nos últimos dias, o candidato Aécio Neves (PSDB) se posicionou mais uma vez de forma firme e garantiu que não vai acabar com as conquistas sociais da população. O tucano reforçou seus compromissos com os brasileiros e voltou a condenar a estratégia da sua adversária de desconstruir suas propostas. Segundo Aécio, a continuidade dos programas sociais, em especial o Bolsa Família, está assegurada em sua plataforma de governo. “Eles passam a ideia de que poderíamos ir na direção do fim dos programas sociais. Isso não é verdade. Só que para eles não há limite para ficar no poder”, disse o candidato, numa referência aos ataques que tem recebido da campanha de Dilma Rousseff (PT).

Ao condenar o que classificou como informações falsas divulgadas na internet e em boletins, Aécio Neves declarou que “a infâmia não vai vencer a verdade”. “Nossos adversários sabem que isso não vai acontecer. Mas a aposta no medo faz parte da trajetória deles. Só que os brasileiros já se cansaram e não aguentam mais isso”. Segundo Aécio, o Bolsa Família não apenas será mantido como será ampliado caso seja eleito. “Quero tranquilizar os beneficiários do Bolsa Família, porque o Bolsa Família não só vai continuar como vai ser ampliado”, afirmou.


O candidato tucano também garantiu o fortalecimento dos bancos públicos, negando que tenha qualquer intenção de privatizá-los e afirmando que eles são instituições que fazem parte do patrimônio do brasileiro. Ele novamente reforçou sua promessa de valorização dos funcionários de carreira e garantiu a manutenção do Minha Casa, Minha Vida.


SALÁRIO MÍNIMO


Sobre o salário mínimo, Aécio Neves lembrou que nunca foi contra a valorização do ganho dos trabalhadores e disse que vai dar continuidade à política de fortalecimento e reajuste real do mínimo até 2019. “Eles editaram uma votação no Congresso em que o PSDB encaminhou contra uma votação de R$ 545 porque votou a favor do salário mínimo de R$ 600 logo em seguida. E usam isso para dizer que sou contra a valorização do mínimo. É uma mentira e um absurdo”, criticou o senador.


Em relação à aposentadoria, o candidato do PSDB se comprometeu novamente a encontrar uma fórmula para rever o fator previdenciário.


EDUCAÇÃO


Aécio prometeu universalizar o acesso à pré-escola até 2016, aumentar as vagas em cursos técnicos e eliminar os cursos noturnos para jovens que não trabalham. Ele planeja também implantar o programa ProMédio, que concederá bolsas em instituições privadas para alunos carentes. Sobre os programas já existentes de financiamento ao ensino superior, como o Prouni e o Fies, tucano disse que vai aprimorá-los para aumentar a segurança jurídica de escolas e alunos. Outra proposta é condicionar a evolução da carreira dos professores às avaliações e resultados educacionais.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>