Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Eleições 2010, as movimentações já começaram

5 de setembro de 2009 : 09:26

Pedidos de desfiliação de partido, eleições partidárias locais e movimentações internamente, todas essas ações demonstram algo: Eleições 2010. No Maranhão não é diferente, essa semana o PSDB se viu esvaziado com o pedido de saída do Partido de quatro deputados estaduais, todos eles a pró-Roseana, pensamente esse que vai de encontro com o do partido, que pretende ser o maior opositor do Clã Sarney nas eleições, uma vez que os Tucanos cresceram nas últimas eleições e comandam a capital do estado com João Castelo (PSDB) eleito na última eleição municipal de 2008.
Do outro lado o clima ta quente também, a atual governadora faz esforços para viabilizar sua candidatura à governadora no próximo ano, pois a mesma sabe que o índice de rejeição ainda é elevado, desta forma não é a única que aparece como pré-candidata do lado governo, Edson Lobão (PMDB), João Alberto (PMDB) e Luís Fernando (DEM) são os outros nomes que aparecem com bastante força.
No meio de tudo isso, o Deputado Federal Flávio Dino (PC do B) tenta se colocar como uma terceira via, nem Jackista e nem Roseanista, mas a ligação do seu partido no passado com José Sarney, acaba o colocando do lado “deles”. Por isso já foi cogitado a possibilidade de Dino sair do atual partido.
Apresentado o cenário, podemos perceber alguns nomes ganhando força para o pleito de 2010, eles são: Jackson Lago (PDT), Roberto Rocha (PSDB), Flávio Dino (PC do B), Roseana Sarney (PMDB) e Edson Lobão (PMDB), todos que são apresentados aparecem com uma boa imagem no cenário político atual, a exceção fica por conta da dupla Jackson e Roseana, que atualmente possui um elevado índice de rejeição, mas o histórico dos dois ainda os credenciam para um novo pleito.

2 comentários em “Eleições 2010, as movimentações já começaram”

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>