Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Sampaio é punido por falta de água no vestiários dos árbitros no estádio Castelão

19 de novembro de 2021 : 08:29

A Quarta Comissão Disciplinar do STJD do Futebol multou o Sampaio Corrêa em R$ 500 por falta de água do vestiário dos árbitros e considerou improcedente a denúncia contra a Federação Maranhense de Futebol por falta de pagamento da taxa de arbitragem. O julgamento ocorreu nesta quinta, 18 de novembro, e a decisão em primeira instância cabe recurso.

Na súmula da partida entre Sampaio Corrêa e Vitória, no dia 12 de outubro, pela Série B, foi relatado que não havia água para banho no vestiário destinado aos árbitros. No campo de “ocorrências” do documento de jogo, também foi narrado que a taxa de arbitragem não foi paga.

O Sampaio Corrêa e a Federação foram enquadrados no artigo 191 do CBJD, pelo “não cumprimento do regulamento”.

Em sessão o clube não apresentou defesa durante o julgamento e a Federação foi defendida pela advogada Patrícia Saleão.

Com a comprovação do pagamento da taxa de arbitragem no dia posterior à partida, a Comissão, por unanimidade, considerou improcedente a denúncia. Já o Sampaio Corrêa foi multado em R$ 500 por maioria de votos. Ficou vencido o relator José Maria Philomeno, que aplicou o valor de R$ 1 mil. A auditora Adriene Hassen e o presidente José Dutra Junior divergiram para a metade do valor.

Maranhão Esportes

Um comentário em “Sampaio é punido por falta de água no vestiários dos árbitros no estádio Castelão”

  1. Reynaldo Pinto Filho

    1 semana atrás  

    Quem tem que pagar essa divida é a Federação Maranhense de desportos e não o Sampaio. Fazer futebol no nosso estado,é coisa para louco,como o Sergio Frota ,que segura todo os pepinos e a federação e seu presidente,é só mamar nas tetas dos clubes e da CBF.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>