Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Afonso Manoel é o responsável por preservar viva a visita de São João Paulo II ao Maranhão

12 de outubro de 2021 : 11:39
Afonso Manoel com Dom Belisário em missa no espaço do antigo Papódromo, os dois lutaram muito pela revitalização do espaço

Atos históricos ficam para sempre na memória e estes acabam sendo rememorados ao longo dos anos, para isso acontecer também é preciso determinação e perseverança. Na próxima quinta-feira (14), acontece no Parque São João Paulo II, uma missa em alusão aos 30 anos da passagem do Papa João Paulo II em São Luís. O arcebispo Dom Gilberto Pastana será o responsável por conduzir o ato religioso.

O santuário religioso de São Luís – Parque São João Paulo II – foi uma luta de Afonso Manoel, que enquanto deputado estadual e vereador, lutou para que o antigo Papódromo virasse um local da memória da passagem de um dos Papas mais queridos da história da Igreja Católica.

O santuário sediado no Aterro do Bacanga visa manter viva a memória da visita do Papa João Paulo II ao Maranhão, realizada em outubro de 1991.

E esse processo foi iniciado em 2007, quando o então governador Jackson Lago sancionou a lei, originária de um projeto do então deputado estadual Afonso Manoel, que cedeu o espaço para a Arquidiocese de São Luís.

Ao longo dos anos, Afonso Manoel lutou bravamente ao lado do Terço dos Homens para a revitalização do local. Missas foram celebradas e mutirões realizados para urbanizar a área, mas finalmente o Governo do Maranhão decidiu assegurar um novo espaço público para o povo do Maranhão, além de todos aqueles que quiserem conhecer e relembrar a histórica visita do Papa João Paulo II a São Luís.

As obras de construção do Parque São João Paulo II ficaram sob a coordenação do Governo do Estado, que transformou o local em uma ampla área do culto religioso, assim como da prática esportiva, desenvolvimento de atividades culturais e também de geração de renda.

Agora, o Parque São João Paulo II, além de atrair turistas e visitantes, pode também ser um centro de atração mundial, uma vez que pessoas do mundo todo podem fazer romaria para conhecer o local em que São João Paulo II celebrou uma missa histórica na manhã do dia 14 de outubro de 1991.

Afonso Manoel comemorou muito a entrega do Parque São João Paulo II, uma vez que está revitalizada uma área tão importante para os católicos do mundo todo.

Em 2007, o então governador Jackson Lago acatou a proposição apresentada por Afonso Manoel e garantiu a cessão por 20 anos do Papódromo à Arquidiocese de São Luís. E nos últimos dois anos, já no governo Flávio Dino foi renovada por mais 20 anos a cessão deste espaço.

É necessário ainda frisar a importância de três pessoas que foram fundamentais para a revitalização desse espaço: o então arcebispo de São Luís, Dom Belisário; o diretor espiritual do Terço dos Homens, Padre Clemilton Ferreira e o ex-diretor-presidente do Terço dos Homens, Edmilson Barbosa, que faleceu em decorrência da Covid-19, mas foi um grande lutador para a conclusão desse projeto.

*Com informações do blog de Manoel Santos

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>