Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Apruma tenta confundir comunidade universitária para tentar tumultuar processo de adequação do Estatuto da UFMA

8 de junho de 2021 : 12:07

A Universidade Federal do Maranhão, em resposta à Nota da Apruma, informando sobre a suspensão judicial de uma suposta Reunião do Conselho Universitário, vem a público esclarecer o que se segue:

a) Após decisão judicial que requisitou cumprimento de ações para execução das adequações estatutárias propostas, não houve convocação do CONSUN para deliberar sobre referidas proposições de adequações estatutárias;

b) Valendo-se de um calendário de consulta à comunidade universitária, no qual constava um cronograma com os procedimentos a serem cumpridos para as adequações estatutárias, a Apruma, de forma sub-reptícia, deturpou as informações nele contidas, com o propósito de, mais uma vez, conturbar o processo pela via judicial;

c) O cronograma apresentado pela Portaria GR N.307/2021-MR visou a atender determinação judicial, sem se afastar dos compromissos com a comunidade, o que fica comprovado pela prorrogação dos prazos por meio da Portaria GR 334/2021-MR, podendo o calendário apresentado ser adequado, a qualquer tempo, às necessidades institucionais e/ou legais;

d) As portarias emitidas (307 e 334) não têm a formatação de convocação do CONSUN, tendo por finalidade, única e exclusivamente, demonstrar ou informar o cumprimento, a publicidade do processo de consulta e os respectivos passos para as proposições das adequações estatutárias da Ufma;

e) A UFMA, sob a orientação da Procuradoria Federal (PGF/AGU), vem atendendo, rigorosamente, às determinações do Juízo, inclusive já tendo encaminhado os documentos comprobatórios de cumprimento de regularidade dos atos que lhe compete fazer;

f) Mais uma vez, repita-se à exaustão, a Apruma tenta prejudicar o processo de análise, da participação da comunidade e votação das adequações propostas para o Estatuto da UFMA, tão necessárias ao desenvolvimento da nossa Instituição;

g) Lamentavelmente, faz parte do histórico dessa Associação judicializar, ainda que no final não tenha conseguido nenhum sucesso, bem como distorcer informações, tumultuar os processos legítimos e democráticos para tentar confundir a comunidade universitária e, com isso, opor-se às medidas da gestão superior que buscam a melhoria da Universidade;

h) A Administração Superior confia no discernimento da sua comunidade e dos seus respectivos representantes no CONSUN para reconhecer e legitimar as boas ações que têm transformado a UFMA.

São Luís, 08 de junho de 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO
ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR

Um comentário em “Apruma tenta confundir comunidade universitária para tentar tumultuar processo de adequação do Estatuto da UFMA”

  1. Ana paula

    2 meses atrás  

    Os leitores conhecem p processo de alteração estatutária de uma universidade? Sabem q não se pode faze-lo a toque de caixa sem participação ampla e descentralizada de todos os segmentos da comunidade acadêmica? Que as alterações propostas ameaçam o caráter público da Universidade, reduz o poder dos órgãos colegiados e amplia os poderes do reitor, reduzindo a democracia na universidade? Por isso reitor.tenta confundir a comunidade sobre suas reais intenções.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>