Diego Emir | Poder, Política e Sociedade

Ministério Público abre investigação contra presidente da Câmara de Açailândia

30 de março de 2021 : 17:05

A promotora de Justiça, Glauce Mara Lima Malheiros, abriu um procedimento de investigação na segunda-feira (29), contra o presidente da Câmara Municipal de Açailândia, Feliberg Melo de Sousa.

No despacho da promotora Glauce Malheiros, ela ordena que o presidente da Câmara de Açailândia envie informações justificando a contratação de uma empresa de advogados para atuar na defesa do parlamento municipal.

Glauce Malheiros lembra da existência de um corpo jurídico próprio da Câmara Municipal, o qual possui uma Procuradoria Municipal e seus assessores jurídicos. Diante disso, o presidente do legislativo de Açailândia terá de informar os nomes de cada um dos componentes do corpo jurídico.

De acordo com a Notícia Fato instaurada no Ministério Público, a contratação do escritório de advogados por parte de Feliberg Melo de Sousa ocorreu por meio de inexigibilidade de licitação, e isso não se justifica uma vez que existe a procuradoria jurídica própria.

A banca de advogados contratada por Feliberg Melo de Sousa receberá R$15 mil por mês ao longo de 12 meses, totalizando R$180 mil por ano.

Deixar um comentário

HTML tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>